Economia de Macau em alta, com crescimento previsto de 5,2 por cento

O último relatório da Economist Intelligence Unit dá conta de um crescimento da economia de Macau à taxa de 5,2 por cento em 2017, que deve dar lugar a uma taxa média de 5,3 por cento no período de 2017/2018. O crescimento é alavancado pelo aumento das receitas do jogo e deve potenciar o aumento do consumo.

1.Macau

O mais recente relatório da Economist Intelligence Unit confirma as perspectivas de crescimento para a economia do território. De acordo com o portal Macau Hub, que cita a publicação, a economia de Macau deverá crescer à taxa de 5,2 por cento este ano e a uma taxa média de 5,3 por cento no período de 2017/2018. O crescimento económico tem por base o aumento das receitas do jogo, com a organismo afiliado à revista “The Economist” a prever ainda que a melhoria da conjuntura económica tenha como consequência directa o aumento do consumo das famílias.

De acordo com o portal Macau Hub, ainda que em 2016 o Produto Interno Bruto de Macau tenha registado o terceiro ano consecutivo de contracção, os dois últimos trimestres do ano foram já de crescimento, tendo-se verificado nos três últimos meses do ano passado uma taxa de crescimento de 7 por cento. O portal assinala ainda que, no período em análise, está prevista a abertura de alguns grandes empreendimentos hoteleiros e de jogo no Cotai, o que se traduz num aumento significativo tanto da capacidade hoteleira do território como no número de casinos:  “Macau continuará a registar saldos positivos elevados tanto em termos fiscais como no seu relacionamento com o exterior, devido ao aumento da colecta fiscal, resultado directo da maior receita deixada pelos apostadores nos 38 casinos do território”, pode ler-se na mesma notícia.

Foi em Agosto de 2016 que se interrompeu o ciclo de 26 meses consecutivos de queda das receitas dos casinos, período que se tinha iniciado em 2014. Em Fevereiro último, registou-se contudo o crescimento mais elevado dos últimos sete meses, com um aumento de 17,8 por cento, para os 22.991 milhões de patacas.

Já a receita bruta acumulada nos dois primeiros meses deste ano, e segundo o mesmo portal, ascendeu a 42.246 milhões de patacas (5280 milhões de dólares), um acréscimo de 10,6 por cento, em comparação com a receita obtida no período de Janeiro/Fevereiro de 2016.

Quanto à formação bruta de capital fixo deverá registar uma contração homóloga de 7,7 por cento neste ano de 2017, antes de voltar a subir em 2018, com um aumento marginal de 0,5 por cento.

A Economist Intelligence Unit afirma ainda, de acordo com o Macau Hub, que o território continuará a registar saldos positivos elevados tanto em termos fiscais, como no seu relacionamento com o exterior. Uma tal tendência deverá ficar a dever-se ao aumento da colecta fiscal, resultado directo da maior receita deixada pelos apostadores nas salas de jogo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s