Skip to content

Kwan Tsui Hang diz-se alvo de campanha difamatória

Setembro 14, 2009

A líder da lista 12, União para o Desenvolvimento (UPD), alega estar a ser alvo de acções que tem como objectivo desacreditá-la junto do eleitorado. A dirigente da AGOM afirma que andam a afixar, em seu nome, cartazes falsos que criticam o plano de comparticipação pecuniária do Governo. O caso já foi denunciado à Comissão Eleitoral e polícia.

A cabeça-de-lista da União para o desenvolvimento (UPD), Kwan Tsui Hang, diz-se alvo de uma campanha de difamação, depois de vários cartazes contendo o seu nome com cítias ao plano de comparticipação pecuniária do Governo terem sido afixados em vários locais do território, durante o último fim-de-semana.
A dirigente da Associação Geral dos Operários de Macau (AGOM) afirma que os cartazes são falsos e não foram afixados pela lista UPD, e alega que está a ser alvo de calúnia num período crítico da campanha eleitoral – a cerca de uma semana do sufrágio dos deputados que integrarão a próxima legislativa.
Em declarações ao jornal Ou Mun, na sua edição de ontem, Kwan Tsui Hang revela que já apresentou queixa junto da Comissão de Assuntos Eleitorais da Assembleia Legislativa (CAEAL), bem como à polícia.
Segundo a candidata da lista 12, a afixação dos alegados cartazes caluniosos terá sido notada por apoiantes que passeavam na manhã de sábado na zona da colina da Guia. A situação também terá chegado ao conhecimento de Kwan Tsui Hang através de telefonemas de vários amigos que a alertaram para a situação.
Nos cartazes afixados lia-se, segundo a candidata e deputada da última legislatura, “Kwan Tsui Hang critica Governo sobre as 6 mil patacas entregues aos cidadãos” e ainda “obrigada a todos os eleitores”. De acordo com a líder da lista 12, o material de campanha falso terá sido afixado em vários lugares da cidade, incluindo paragens de autocarro, parques e ruas.

Ataques irão continuar, diz Kwan

Na entrevista ao Ou Mun, Kwan Tsui Hang diz entender tratar-se de uma campanha planeada para a denegrir e esclarece que é favorável, à semelhança de outros deputados, ao plano de comparticipação pecuniária, tendo inclusivamente votado a favor das alterações ao orçamento da RAEM propostas pelo Governo para que o plano pudesse ter continuidade este ano.
Para a candidata, os responsáveis pela afixação dos cartazes estão a levar a cabo “ataques e calúnias que influenciam o público e cujo objectivo é atacá-la pessoalmente”, disse ao jornal de língua chinesa.
Kwan Tsui Hang diz porém acreditar que “os olhos dos eleitores são perspicazes” e saberão diferenciar o material de propaganda falso do verdadeiro.
“Prevejo que nos próximos dias estes actos vão continuar, ainda mais do que agora. Mas, acredito que os eleitores saberão avaliar por si”, defende a cabeça-de-lista da UPD, que acredita que não sairá prejudicada com a campanha de difamação que diz ter sido movida contra si.

No comments yet

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 88 outros seguidores

%d bloggers like this: