Ella Lei questiona Governo sobre novas medidas de apoio à população

FOTOGRAFIA GONÇALO LOBO PINHEIRO

A deputada Ella Lei questionou o Governo acerca de qual seria o próximo passo no que diz respeito à prestação de assistência financeira, visto que a população afectada pelas últimas medidas impostas no seguimento dos novos casos de Covid-19 no território, a seu ver, necessita de incentivos deste cariz.

Joana Chantre

joanachantre.pontofinal@gmail.com

Ella Lei questionou o Executivo através de uma interpelação relativamente à implementação de uma nova série de medidas de assistência económica e à criação de um mecanismo de apoio devido à suspensão do trabalho e dos negócios durante a epidemia.

Como justificação, a deputada recordou o surto da epidemia em Agosto, que de início mostrou sinais de estabilização, acrescentando esta nova ronda de surtos recentes com o diagnóstico positivo de várias pessoas que trabalham num dos hotéis de quarentena.

Na interpelação é também referido que desde o dia 28, um total de 1.640 contactos próximos e contactos secundários foram colocados sob observação médica em isolamento. “Mesmo que a quarentena obrigatória não seja exigida, o seu acesso a várias instalações será restringido em certa medida, e embora se compreenda a importância do trabalho do Governo na prevenção e controlo da epidemia, foram tomadas as medidas necessárias para apoiar o trabalho do Executivo, refere a deputada, que salienta, porém, que os afectados ficaram incapacitados de operar os seus negócios e trabalhar de uma forma normal devido ao impacto da quarentena ou das zonas de código vermelho e amarelo”, disse Ella Lei.

Para além dos operadores comerciais e residentes nas áreas seladas, a deputada referiu que o Governo também introduziu duas suspensões obrigatórias para os negócios, durante mais de 10 dias em estabelecimentos de entretenimento e salões de beleza em resposta à gravidade da epidemia. “É aconselhável que o Governo faça referência às suas práticas e ao reforço da prevenção e controlo da epidemia, formulando um mecanismo para prestar assistência aos operadores e residentes afectados”, refere Ella Lei.

Por outro lado, referiu também que com o ressurgimento da epidemia, a recuperação económica é novamente dificultada, com reservas de hotel canceladas, bem como banquetes em restaurantes e planos para as indústrias de catering, retalho e convenções. “Visto isto, como o negócio é difícil, as empresas têm de encontrar formas de cortar custos e reduzir a escala para manterem as suas operações, e tirar férias sem vencimento ou perder os seus empregos”, salientou, considerando que tais medidas irão “dificultar a situação. Por conseguinte, para além do apoio ao emprego, o Governo deve também planear com antecedência e introduzir medidas de apoio económico atempadas, especialmente para as PME, aos trabalhadores e aos desempregados, sublinha.

Na sua interpelação, Ella Lei coloca também duas questões à Administração: “A fim de prevenir e controlar adequadamente a epidemia, os operadores empresariais e os trabalhadores compreenderão e cooperarão com as várias medidas de isolamento ou de prevenção e controlo tomadas pelo Governo, mas a suspensão das empresas e a suspensão do trabalho e a perda total dos meios de subsistência terão também um grande impacto, pelo que o Governo irá formular claramente um mecanismo para prestar assistência financeira aos operadores empresariais ou trabalhadores afectados pelas medidas obrigatórias de prevenção da epidemia e aliviar a sua pressão financeira? Tendo em conta o ressurgimento da epidemia em Macau, irá o Governo introduzir uma nova série de medidas de assistência financeira, tais como considerar um cartão de consumidor de valor acrescentado de 8.000 patacas para aliviar a pressão sobre a subsistência das pessoas e impulsionar a procura interna, de modo a que as PME e os trabalhadores possam suportar durante um período de tempo mais longo?”

Leave a Reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s