PJ apreendeu 198,2 gramas de “Happy Powder” misturado com ICE avaliado em 200 mil patacas

Uma investigação desencadeada pela Polícia Judiciária no combate ao tráfico de estupefacientes no território culminou com a detenção de um homem de 36 anos do interior da China e apreensão de droga avaliada em 200 mil patacas. O suspeito será hoje presente ao Ministério Público acusado do crime de tráfico de estupefacientes. 

Eduardo Santiago

eduardosantiago.pontofinal@gmail.com

Um homem de 36 anos do interior da China vai ser hoje presente ao Ministério Público sob acusação de tráfico ilícito de estupefacientes depois de ter sido detido no sábado passado, na zona norte de Macau, com 198,2 gramas de “Happy Powder” misturado com ICE no valor de 200 mil patacas. A detenção do suspeito foi comunicada ontem numa conferência de imprensa especial por um porta-voz da Polícia Judiciária (PJ), que começou por explicar que a resolução deste caso teve origem na troca de informações com os serviços policiais do interior da China devido ao crescimento deste tipo de estupefacientes no território.

“Através da troca de informações com os serviços policiais do interior da China que culminou com a resolução, na semana passada, de outro caso relacionado com o tráfico de estupefacientes deste género, os agentes da PJ deram seguimento às investigações, tendo conseguido identificar e localizar outro suspeito de tráfico de ‘Happy Powder’ zona norte de Macau”, começou por indicar o porta-voz da PJ, acrescentando que “os dois casos estão relacionados” e que que há fortes suspeitas que a droga seja proveniente do interior da China.

Depois de localizarem o suspeito de 36 anos nas imediações do seu apartamento na zona norte de Macau, os agentes da PJ encontraram 198,2 gramas de “Happy Powder” misturado com ICE no valor de 200 mil patacas. “O suspeito vivia num apartamento num prédio alto na zona norte da cidade. No dia 24 de Abril, os agentes da PJ localizaram o homem nas imediações do prédio a vaguear e procederam à operação de detenção. Após a detenção, os agentes entraram na casa do suspeito e durante a revista encontraram 198,2 gramas de uma substância branca em embalagens. Após análises laboratoriais descobrimos tratar-se de ‘Happy Powder’ (ecstasy) misturado com ICE (metanfetaminas) avaliado em 200 mil patacas, caso fosse vendido no mercado negro”, explicou o porta-voz da PJ.

Questionado pela PJ, o homem admitiu o crime ao revelar que, nos últimos dois meses, tinha sido “responsável pela entrega da droga a frequentadores de estabelecimentos nocturnos e frequentadores de casinos”. 

O suspeito foi submetido a análises de urina para detectar o consumo de drogas, mas os resultados do teste ilibaram-no. “O homem admitiu o crime e revelou receber 10 mil HKD por mês para distribuir a droga a frequentadores de estabelecimentos nocturnos e frequentadores de casinos”, disse o porta-voz da PJ, acrescentando que a identidade do sujeito que alugava o apartamento está “sob investigação” pois acredita-se que seja um dos cúmplices do suspeito detido por tráfico de droga. 

O suspeito será hoje presente ao Ministério Público acusado de tráfico ilícito de estupefacientes.

Leave a Reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s