Encontro das Comunidades terá orçamento superior a cinco milhões e já ultrapassou as mil inscrições 

Alexis Tam reuniu terça-feira com vários representantes da Comissão Organizadora do Encontro das Comunidades Macaenses
FOTOGRAFIA: GCS

A próxima edição do Encontro das Comunidades Macaenses terá um orçamento superior a cinco milhões de patacas, adiantou ao PONTO FINAL José Luís Sales Marques. O presidente da Comissão Organizadora referiu ainda que já receberam mais de mil inscrições da diáspora, sendo que as inscrições para os macaenses do território irão abrir esta semana.

Pedro André Santos

pedrosantos.pontofinal@gmail.com

Agendado para 23 a 29 de Novembro, o próximo Encontro das Comunidades Macaenses deverá ter um número recorde de participantes, tendo já sido registadas mais de mil inscrições das 13 Casas de Macau no mundo, referiu José Luís Sales Marques. Em declarações ao PONTO FINAL, o presidente da Comissão Organizadora estima que o número total de presentes, incluindo os macaenses residentes no território, deverá ascender a “1600 ou 1700 pessoas”. As inscrições para os macaenses do território vão abrir esta semana, acrescentou Sales Marques. “É uma boa notícia que haja tanta gente. Muita gente quer vir a Macau, são os 20 anos da RAEM, acho que tem também esse significado”, considerou.

Em relação ao orçamento, o presidente da Comissão Organizadora referiu que deverá rondar as cinco milhões de patacas, sendo que “com o aumento do número de participantes é possível que este número venha a aumentar”, frisou.

O programa deste ano arranca com uma recepção no Jardim de Infância D. José da Costa Nunes, a 23 de Novembro, e contempla ainda uma visita à cidade de Foshan, na Grande Baía, um concurso que visa promover a gastronomia macaense, visitas guiadas a locais de interesse histórico, entre outros. “Os grandes traços [do programa] estão definidos, poderá haver outra coisa particular de pequena dimensão que possa vir a ser alterada”, acrescentou Sales Marques.

Vários representantes da Comissão Organizadora do Encontro das Comunidades Macaenses estiveram reunidos na terça-feira com o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura. Na ocasião, Alexis Tam “reconheceu a importância deste reencontro de filhos da terra e da oportunidade de dar a conhecer a realidade e o enorme desenvolvimento de Macau no ano em que também se comemoram os 20 anos do estabelecimento da RAEM”, refere uma nota do Executivo.

Por sua vez, o Presidente do Conselho das Comunidades Macaenses, Leonel Alves, fez uma apresentação das actividades relacionadas com o evento e agradeceu “o contínuo apoio do Governo para a realização daquele encontro que reúne várias gerações de macaenses, testemunhando uma relação afectiva a Macau muito visível”. 

 

Leave a Reply

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s