Sérgio de Almeida Correia retira candidatura à AAM e deixa críticas a Neto Valente

Fundação Rui Cunha

Sérgio de Almeida Correia anunciou ontem à noite a desistência da candidatura à presidência da Associação dos Advogados de Macau (AAM). Através de uma nota enviada às redacções, a um dia do fim do prazo para a apresentação das listas candidatas, o advogado afirmou: “Ciente de que não faz sentido vencer com uma lista amputada da colaboração de Colegas que estimo, e que trabalham em escritórios que, no seu conjunto, representam cerca de uma centena de advogados, que por razões várias se viram impedidos de participar, considero não haver condições que permitam levar avante um projecto amplo de participação que melhor servisse a AAM e a RAEM”.

Na mesma nota, Sérgio de Almeida Correia deixa várias críticas ao actual presidente Jorge Neto Valente, também ele candidato: “Logo após ser conhecida a minha pré-candidatura, o actual presidente proferiu uma série de declarações e desencadeou um conjunto de acções que passaram por um ataque à minha pessoa e à advocacia que pratico, destinado a desacreditar-me aos olhos dos meus pares, o que gerou nos espíritos um clima de receio relativamente às intenções da minha candidatura”. Nunca referindo o nome de Neto Valente, o candidato que agora se retira da corrida, acrescenta que, “o presidente da AAM critica a falta de renovação do TUI, mas ele próprio só sairá de cena quando for ele a escolher o sucessor e este corresponder ao perfil que ele deseja”.

“Desde a primeira hora, em vez de aceitar uma disputa com nobreza e lealdade, mostrou-se agastado e necessitou de tocar os sinos a rebate, agitando papões e antecipando uma lista de ‘ruptura e de confronto’ que só ele viu”, lê-se no comunicado. “A eternização no poder fragiliza as instituições. Retira-lhes a voz e discernimento. A falta de renovação da AAM segmentou e dividiu a classe”, escreve ainda Sérgio de Almeida Correia.

Ainda assim, o agora ex-candidato diz que “o trabalho que se fez não se perde”: “A minha intervenção gerou um debate nunca visto na classe e na sociedade sobre o papel da AAM e dos advogados na RAEM”. “De hoje em diante, nada será como dantes”, conclui Sérgio de Almeida Correia. As eleições estão previstas para o início de Dezembro. A.V.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s