Casimiro Pinto: “Para fazer uma aproximação à plataforma a língua é essencial”

Lionel Leong nomeou Casimiro Pinto como o novo secretário-geral adjunto do Fórum Macau e Irene Lau como a nova presidente do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM). Ao PONTO FINAL, Casimiro Pinto defendeu que a sua experiência enquanto intérprete-tradutor vai ser uma mais-valia no desempenho das suas novas funções.

 

Catarina Vila Nova

 

Casimiro Pinto, até agora assessor de Lionel Leong, foi escolhido como o sucessor de Glória Batalha no cargo de secretário-geral adjunto do Fórum Macau. A nomeação foi ontem tornada pública num comunicado do gabinete do secretário para a Economia e Finanças que dá também conta que Irene Lau, vogal executiva do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), é a nova presidente do IPIM, sucedendo a Jackson Chang no cargo. Em declarações ao PONTO FINAL, Casimiro Pinto, funcionário público há quase 25 anos, afirmou que a sua experiência enquanto intérprete-tradutor vai ser uma mais-valia no desempenho das suas novas funções.

“Exerci ao longo de vários anos [funções] como intérprete-tradutor e penso que esta vantagem me poderá ajudar e servir como ponto de ligação e comunicação entre a China e os PLP [Países de Língua Portuguesa] e, aqui na RAEM, com certeza para exercer as minhas funções e melhor servir a plataforma”, declarou Casimiro Pinto. Para o novo secretário-geral adjunto do Fórum Macau, em funções desde a última sexta-feira, a língua e a cultura são essenciais para aproximar a China aos países de língua portuguesa. “Para fazer uma aproximação à plataforma a língua é essencial e a cultura é essencial para fazer aproximar os diferentes países, especialmente entre a China e os PLP”, considerou.

Casimiro Pinto, de 48 anos, é licenciado em Tradução e Interpretação pelo Instituto Politécnico de Macau e, desde 1992, tem vindo a desempenhar funções como intérprete-tradutor em organismos como o Comissariado Contra a Corrupção e a Direcção dos Serviços de Turismo. Entre Fevereiro de 2015 e Março deste ano foi o chefe do Departamento dos Assuntos Linguísticos da Direcção dos Serviços de Administração e Função Pública, cargo que deixou, em Abril, para ser assessor do secretário para a Economia e Finanças.

Enquanto assessor de Lionel Leong, Casimiro Pinto estava responsável pela pasta do Fórum Macau. “Estou no gabinete do secretário, mas estava com a pasta do Fórum. Ao longo destes meses eu estava a trabalhar de perto com o Gabinete de Apoio ao Secretariado do Fórum”, explicou o agora secretário-geral adjunto.

As nomeações de Casimiro Pinto e de Irene Lau surgem após Jackson Chang e Glória Batalha, também vogal executiva do IPIM, terem sido suspensos de desempenhar funções públicas por serem suspeitos de terem praticado crimes funcionais na apreciação e autorização dos pedidos de autorização de residência. Para além de Chang e Batalha, um ex-director-adjunto do Gabinete Jurídico e de Fixação de Residência do IPIM, actualmente a exercer funções de chefe de departamento no Fundo de Pensões, está também a ser investigado. Os três dirigentes foram encaminhados para o órgão judicial tendo-lhes sido aplicada ainda a medida de coacção de proibição de saída da RAEM. A investigação a Chang e Batalha foi uma das consequências de um relatório do CCAC, divulgado em Julho, que denunciava a aprovação de vários pedidos de residência a trabalhadores estrangeiros que não possuíam a formação que declararam ou que apresentaram contratos falsos no processo de candidatura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s