ADI destaca trabalho conjunto de organizações na resposta à doença de Alzheimer em Macau

1. alzheimer.jpg
FOTO GCS

A directora regional da Ásia-Pacífico da Associação Internacional de Alzheimer (ADI) esteve em Macau em visita ao Centro de Avaliação e Tratamento da Demência, criado em 2016. Kusumadewi Suharya sublinhou que Macau tem capacidade de implementar políticas e medidas num período de tempo curto, e que “combina com sucesso a força de múltiplas associações” na melhoria do nível de serviços e na promoção de uma comunidade receptiva à demência.

O director dos Serviços de Saúde, Lei Chin Ion, referiu, durante a visita a Macau de Kusumadewi Suharya, directora regional da Ásia-Pacífico da Associação Internacional de Alzheimer (ADI), na passada sexta-feira, que o Governo está empenhado em optimizar os serviços médicos e cuidados sociais para os pacientes com demência. Kusumadewi Suharya visitou o Centro de Avaliação e Tratamento da Demência tendo trocado impressões com Lei Chin Ion, assim como com o coordenador do Centro de Avaliação e Tratamento da Demência, Lo Iek Long e o enfermeiro Adjunto Substituto, João Rodrigues Baptista. Os responsáveis abordaram assuntos como “os progressos e as orientações do Governo na construção de uma rede de serviços para demência e na promoção de uma comunidade amigável à demência, além de terem analisado, de um modo geral, o trabalho que é desenvolvido na área da demência”, refere um comunicado dos Serviços de Saúde.

A directora da ADI defendeu que “Macau tem capacidade de implementar efectivamente várias políticas e medidas num período de tempo relativamente curto, melhorando consideravelmente o nível de serviço da demência, especialmente na promoção de uma comunidade amigável à demência”, lê-se num comunicado oficial. “Sendo que Macau combina com sucesso a força de múltiplas associações” o que merece ser promovido noutros países e regiões”, acrescenta.

À medida que a população mundial envelhece, o número de pacientes com demência está a aumentar, alertou Kusumadewi Suharya. Em 2017, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendou que os países se preparassem mais cedo e respondessem activamente aos desafios trazidos pela demência. Na altura, a OMS apresentou sete planos de acção e um conjunto de metas.

Em 2016, foi criado o Centro de Avaliação e Tratamento da Demência para cooperar com os centros de saúde, associações e a rede de serviços sociais de Macau de forma a construir uma rede abrangente de serviços para demência. “A implementação destes serviços beneficiou do apoio e ajuda da Associação Internacional de Alzheimer e da experiência obtida com aquilo que é inovador no exterior, fazendo com que o trabalho da demência em Macau atinja um nível relativamente elevado e os pacientes com demência recebam serviços e apoios mais abrangentes”, refere o comunicado.

A ADI conta actualmente com 94 membros em todo o mundo e está empenhada em promover uma compreensão correcta global da demência e melhorar a qualidade de vida das pacientes com demência e suas famílias.

Segundo a nota oficial, Kusumadewi Suharya mostrou satisfação “por ver Macau a utilizar plenamente as suas vantagens, integrar recursos de diferentes serviços, unir diferentes associações na comunidade e levar a cabo uma série de trabalhos, incluindo a implementação da política de demência, melhorar a compreensão e tolerância da demência por cidadãos e reduzir os factores do risco da demência, optimizar os serviços de diagnóstico, tratamento e cuidados, apoiar os cuidadores, bem como criar um sistema de registo de demência, entre outros”. A visita de Kusumadewi Suharya foi acompanhada pelo director da Associação da Doença de Alzheimer de Macau, Wai Mang Chi, e a responsável da Direcção da Associação, Chong Io Cheng.

Os Serviços de Saúde e o Instituto de Acção Social, em conjunto com várias associações, realizaram, no sábado, o Fórum internacional “Macau – Um Lar Feliz e Sadio – Construção Conjunta de Uma Comunidade de Macau Amigável da Demência” com a presença de representantes da ADI, bem como especialistas, académicos e prestadores de serviços de Guangzhou, Hong Kong e Macau. C.A.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s