Êxodo vietnamita das décadas de 1970 e 1980 em fotos na galeria 1844

Imagens do fotógrafo local, Chan Weng Hon, que retratam a passagem por Macau dos refugiados do Vietname que escapavam da guerra e da depressão económica, vão estar em exposição na galeria 1844 – Macau Photography Art Space, a partir de 30 de Outubro.

TEXTO: Cláudia Aranda

FOTOS: Chan Weng Hon

A exposição intitulada “Vietnamese Boat People in Macau – Photography by Chan Weng Hon”, vai reunir 42 imagens registadas nas décadas de 1970 e 1980, que mostram o dia-a-dia dos refugiados nos abrigos temporários, criados pelo Governo de Macau, que na altura estava sob administração portuguesa. A exposição vai ser inaugurada a 30 de Outubro, mantendo-se até 14 de Dezembro, e conta com a curadoria do artista Ieong Man Pan, entre outros.

O registo do fotógrafo Chan Weng Hon evidencia, também, o papel de Macau, enquanto primeiro “porto de asilo” para estas pessoas que fugiam da guerra e da crise humanitária, sublinha um dos curadores da exposição, Weng Io Wong, que assina o comunicado distribuído à imprensa. Macau foi igualmente lugar de acolhimento de refugiados de Hong Kong na Segunda Guerra Mundial, e, em 1910, acolheu gente fugida da guerra sino-japonesa. Os refugiados vietnamitas, que fugiam do país utilizando embarcações de todo o tipo, ficariam conhecidos como “boat people”.

As cenas documentadas nas fotografias de Chan Weng Hon mostram momentos singulares captados “na perspectiva de um fotojornalista” da vida em Macau dos refugiados, desde a sua chegada em barcos lotados, em que as pessoas eram examinadas por equipas médicas, para avaliar o seu estado de saúde, ao dia-a-dia nos abrigos para onde eram encaminhadas.

Chan Weng Hon queria ter fotografado mais o passado

Chan Weng Hon tornou-se fotógrafo em 1980, “acidentalmente”, após um ano de aprendizagem auto-didacta, explica o fotojornalista citado no comunicado da galeria 1844 Macau. O autor foi fotógrafo em vários jornais do território e operador de câmara dos Serviços de Turismo de Macau, assim como de canais de televisão, como a TDM, de Macau, e a TVB, de Hong Kong. Hoje, o fotógrafo lamenta não ter documentado mais o território no passado. “Macau é um lugar com características únicas. Tem agora arranha-céus, edifícios de arquitectos europeus e calçada portuguesa. Antes havia quintas, cabanas, barcos de pesca. Com o rápido desenvolvimento e as constantes mudanças na cidade, apercebi-me que registei muito pouco no passado”, disse, citado por Weng Io Wong.

A partir de 1975, quando terminou a guerra entre o norte e o sul do Vietname, com o envolvimento dos Estados Unidos da América, e até ao início da década de 1990, milhares de vietnamitas saíram do país. O número atingiu um pico entre 1978 e 1979, devido à expropriação de negócios de empresários privados, na sua maioria de etnia chinesa, e à deterioração das relações entre o Vietname e a China, que acabaria por ocupar zonas fronteiriças, o que resultou num grande número de refugiados a afluírem a Macau, Hong Kong e outras regiões e países do Sudeste Asiático.

Entre 1977 e 1991, Macau acolheu esta segunda vaga de refugiados vietnamitas num campo de abrigo temporário criado pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, com o apoio da administração do território, igreja e organizações humanitárias. Segundo explica o comunicado da organização da exposição, na altura, havia três locais em Macau onde se encontravam instalados refugiados, incluindo a Ilha Verde, Taipa, actual Associação de Escuteiros de Macau, e o Centro de Refugiados de Ka Ho, actual  Comunidade Salesiana na Escola D. Luis Versiglia.

Estabelecido a 8 de Dezembro de 1978, o Centro de Refugiados de  Ka Ho hospedou inicialmente 169 refugiados vindos da antiga Indochina francesa, actual Laos, Vietname e Camboja. O centro de Ka Ho seria oficialmente fechado a 10 de Julho de 1991. De acordo com as estatísticas das Nações Unidas, citadas pelo curador Weng Io Wong, Macau recebeu 4.333 pessoas entre 1975 e 1979 e outras 2.777 pessoas entre 1980 e 1984.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s