Arnaldo Gonçalves: “Esta vocação securitária que vejo em Macau é algo que me preocupa”

FOTO ABERTURA Lançamento livro Arnaldo Gonçalves.jpgNo livro de ensaio lançado na passada segunda-feira, “Macau, depois do adeus”, Arnaldo Gonçalves faz o balanço dos últimos 15 anos de Macau como região administrativa especial da China. Para o presidente do Fórum Luso-Asiático, esse balanço é “muito positivo”, à excepção da ênfase nas questões de segurança dos últimos anos, que são “desfasadas da realidade”.

pontofinalmacau@gmail.com

“Macau, depois do adeus” é o título do mais recente trabalho de Arnaldo Gonçalves. O livro de ensaio, que pretende fazer o balanço dos últimos 15 anos de Macau como região administrada pela China, foi apresentado ao público esta segunda-feira no Grémio Literário, em Lisboa, pelo autor, acompanhado pelo professor Adriano Moreira. “É um livro de ensaios em que eu retrato Macau como conheço depois da transferência da administração do território para o Governo chinês. É um balanço dos últimos 15 anos, já que eu cheguei pela segunda vez em Maio de 2003, e é o meu balanço tendo em conta a minha experiência anterior como membro do Governo de Macau até Julho de 1997”, explica o assessor da administração portuguesa de Macau entre 1988 e 1997. “É um balanço das transformações que ocorreram durante estes 15 anos, como eu as vivenciei”, completa.

E, adiantando o conteúdo do livro ao PONTO FINAL, Arnaldo Gonçalves refere que o balanço é “mesmo muito positivo”, passando a explicar: “As relações têm sido de grande afabilidade diplomática e política. A China hoje tem uma presença significativa em Portugal em investimentos de grande relevância para o nosso país, e Macau tem retribuído com uma relação de grande proximidade em relação à China, promovendo o nosso país, atraindo capital chinês”. O presidente do Fórum Luso-Asiático refere que “há 15 anos não se sabia que isto pudesse desempenhar um papel tão relevante nas relações da china com Portugal e com os países de língua portuguesa e nesse aspecto tem sido uma grata surpresa”, acrescentando que “Macau tem desempenhado bem o papel de promoção da portugalidade e da identidade portuguesa”.

Mas há um senão, a crescente influência da China relativamente à segurança de Macau: “Num aspecto menos positivo, a influência crescente que a China tem tido, do ponto de vista político e da segurança em relação a Macau, colocando – sem alarmismos nem pessimismos – um ambiente de alguma preocupação em questões de segurança, que, na minha modesta opinião, são desfasadas da realidade de Macau”. “Macau não é Hong Kong. Em Hong Kong poderá haver esse tipo de riscos, mas Macau nunca foi uma ameaça para a China do ponto de vista da segurança. Bem pelo contrário. É um local onde toda a gente diz o que lhe apetece, onde toda a gente exprime o seu pensamento sem reservas”, indica o professor convidado do Instituto Politécnico de Macau desde 2003. “Esta vocação securitária que vejo em Macau é algo que me preocupa”, sublinha. E completa: “É fácil atirar para as costas do Governo chinês, mas agora que tem havido, nos últimos anos de Governo do doutor Chui Sai On, uma preocupação quase central com as questões de segurança, basta ver os telejornais e ver as notícias… do meu ponto de vista, acho isso pouco ajustado à tradição da vivência de Macau, e penso que é perigoso porque se instala esse ambiente securitário que não se justifica”.

Relativamente ao convite feito a Adriano Moreira para a apresentação do livro, Arnaldo Gonçalves explica que se deveu ao facto de ter sido por duas vezes seu professor e, além disso, por lhe ter “grande apreço”: “É um mestre e uma referência”. “Com 96 anos, a conferência foi fantástica, introduziu a questão de Macau e preocupou-se também com as grandes mudanças geopolíticas que estão a acontecer no mundo, pelo nacionalismo dos EUA, com Donald Trump, pelo problema das civilizações em conflito, pela crise das Nações Unidas, pela China, falou de tudo. Uma intervenção brilhante”, descreve Arnaldo Gonçalves.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s