Chui Sai On: “Espero que quando terminar o meu mandato, em 2019, o Hospital das Ilhas possa estar preliminarmente pronto”

 

1-ilhas

O Chefe do Executivo espera que os trabalhos de construção do Complexo de Cuidados de Saúde das Ilhas sejam concluídos ainda durante o seu mandato, que termina em 2019. Chui Sai On afirmou ontem, em conferência de imprensa após a apresentação das Linhas de Acção Governativa (LAG) para 2018, que “segundo o relatório das autoridades de saúde, até ao momento, as obras do [complexo hospitalar] estão concluídas em cerca de 40 por cento”:  “Espero que quando terminar o meu mandato, em 2019, o Complexo possa estar preliminarmente pronto”.

Em Janeiro de 2015, os Serviços de Saúde avançaram que as obras da primeira fase do Complexo de Cuidados de Saúde das Ilhas deveriam estar concluídas no final deste ano, com excepção do hospital de reabilitação, que foi atirado para 2019. O concurso público para a construção do Instituto de Enfermagem foi lançado em Março último.

Na mesma ocasião, Chui Sai On também falou sobre as obras de reparação do Terminal de Autocarros das Portas do Cerco, previstas para durar dois anos, que têm causado “insatisfação por parte da população”. O Chefe do Executivo apontou que “antes da passagem do tufão [“Hato”], o secretário Raimundo do Rosário, a Direcção dos Serviço para os Assuntos de Tráfego e o Gabinete para o Desenvolvimento de Infra-estruturas tinham preparado um plano geral da reconstrução”.

Chui Sai On prosseguiu: “Mas após a catástrofe, com os danos graves causados e segundo as informações que me deram, os trabalhos serão divididos em três partes. No entanto, não posso divulgar o calendário concreto. Dissemos dois anos, mas o mais importante é que só depois de abertura do concurso público, podemos ter conhecimento do respectivo calendário e só assim podemos divulgar prazos junto do público. Se digo agora um prazo mais curto, as pessoas vão criar expectativas e se no futuro o prazo não for cumprido as pessoas vão questionar.”

Quando ao aumento das tarifas dos autocarros, “ainda não temos nenhuma decisão consumada porque ainda está em debate e apreciação no Conselho Consultivo do Trânsito”, disse. J.F.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s