Países do Sudeste Asiático ainda sem acordo sobre Mar do Sul da China

As reivindicações de Pequim sobre o Mar do Sul da China continuavam ontem a dividir os chefes da diplomacia dos países do Sudeste Asiático, reunidos em Manila.

Os chefes da diplomacia da associação dos países do Sudeste Asiático (ASEAN) não chegaram a acordo sobre o comunicado conjunto, que devia ter sido divulgado no sábado.

Novas negociações realizadas ontem não permitiram desbloquear a situção, com o Camboja a aliar-se a Pequim.

O Governo chinês reivindica a quase totalidade do Mar do Sul da China, incluindo zonas perto das costas do Vietname, Filipinas, Malásia e Brunei, Estados-membros da ASEAN, além da Tailândia, Camboja, Birmânia, Laos, Indonésia e Singapura.

Nos últimos anos, Pequim reforçou a presença neste mar estratégico através da construção de ilhas artificiais que podem ser usadas como bases militares.

O Vietname exigiu um tom mais duro da organização perante as reivindicações de Pequim, no comunicado final conjunto, para manifestar a preocupação dos Estados-membros relativamente aos trabalhos desenvolvidos pela China na região disputada.

Mas o Camboja, um dos principais aliados de Pequim na ASEAN, rejeitou a proposta, de acordo com diplomatas que participaram nas negociações em Manila.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s