Orquestra Chinesa de Macau abre temporada de concertos no dia 1 do próximo mês

“Explorar as raízes de Macau, actuar ao nível internacional e integrar o legado da China e do Ocidente” continuam a ser os princípios que guiam a Orquestra Chinesa de Macau (OCHM) no delinear do programa anual de concertos.

Marca-se, este ano, o trigésimo aniversário da orquestra, que prepara a temporada 2017-2018 com o regresso dos maestros contemporâneos com os quais colaborou ao longo das últimas três décadas e com novos ciclos de concertos.

A temporada arranca no dia 1 do próximo mês com o concerto “A Ponte”. Sobem ao palco, juntos, a OCHM e Yan Huichang, maestro que irá dirigir e estrear as obras encomendadas pela orquestra ao compositor Robert Zollitsch – “Huo shu yin hua” (“Luzes Cintilantes, Flores Resplandecentes”) e “Qiao” (“Ponte”). Yan Huichang vai apresentar também as obras “Tang xiang” (“Ressonância da Dinastia Tang”), do compositor Wu Zhuoxian, e “Bei guan feng” (“Música Beiguan”), do compositor Wang Yiyu.

Convidado é ainda o violoncelista Qin Li-Wei, que se tem firmado nos palcos internacionais e foi descrito pelo “The New York Times” como “possuindo um estilo de interpretação com um tom suavemente belo, uma entoação centrada e perfeita e uma técnica robusta”, escreve o Instituto Cultural em comunicado. O músico irá interpretar o concerto para violoncelo “O Sonho de Zhuang Zhou”.

Estão também no programa anual os concertos “Reino e Beleza”, por Liu Sha e pela OCHM e “A Lenda do Lótus” – Concerto das Obras de Liu Xijin, por Hong Xia e OCHM. A temporada encerra com “Rota Marítima da Seda para a Europa” – Tsung Yeh e Orquestra Chinesa de Macau.

Por ocasião do seu 30º aniversário, a OCHM lança oito novos ciclos de concertos, incluindo o “Ciclo Clássicos” – para o qual foram convidados maestros contemporâneos que colaboraram com a orquestra desde o início –, o “Festividades Musicais”, “Melodias Celestiais de uma Herança Ancestral”, “Passeando no Jardim, Ouvindo Música”, “Herança Musical”, “Envolvimento da Comunidade com a Música” e “Museus Musicais”.

O concerto “A Ponte” tem lugar no Grande Auditório do Centro Cultural de Macau (CCM), pelas 20h, e os bilhetes estão à venda a partir de hoje na Bilheteira Online de Macau.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s