“Viver como artista em Espanha, apesar de ser difícil, é possível”

“Uma das grandes diferenças que notei este ano é que viver como artista em Espanha, apesar de ser difícil, é possível”, salientou Christine Hong-Barbosa, fundadora da Yunyi – Arts and Cultural Communication Association (Associação de Artes e Comunicação Cultural) em declarações ao PONTO FINAL. “Já o mesmo não posso dizer de Macau”, lamentou. A responsável pelo projecto descreveu o ambiente que se vive em Barcelona onde as pequenas galerias proliferam pela cidade e são favoráveis à criação de um “ecossistema” que torna possível a vida como artista em Espanha.

A curadora da exposição “Macau x Barcelona – Art of Illustration” notou que a grande maioria dos artistas de Espanha são, na verdade, artistas a tempo inteiro, ao contrário dos de Macau que têm a sua arte como uma segunda ocupação. No entanto, a responsável pelo projecto considerou ser “muito encorajador” perceber que “apesar de as pessoas terem outros trabalhos, continuam a querer ser fieis àquilo que gostam de fazer e as fazem ser felizes”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s