Saneamento básico e poluição na praia de Hac Sá preocupam moradores das Ilhas

Os membros do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários das Ilhas reuniram-se ontem para apresentarem, junto dos dirigentes do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais, as situações denunciadas pela população que vive naquela zona de Macau.

Joana Figueira

joanafigueira.pontofinal@gmail.com

 

A poluição e as más condições de saneamento básico no Parque de Hac Sá são algumas das preocupações manifestadas por membros do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários das Ilhas. Foram denunciados o lixo e as águas estagnadas junto à zona de alimentação do espaço, que têm um impacto negativo não só no ambiente mas também nas pessoas que frequentam o local.

“[O Governo] deve prestar atenção à poluição dos esgotos da Praia de Hac Sá. Em época de Verão, muitos turistas e habitantes locais vão para a praia e há quem diga que perto da zona de barbecue da praia de Hac Sá, os esgotos têm muito lixo, óleo e águas estagnadas, influenciando gravemente o ambiente do espaço”, disse Cheang Iok Man.

O membro do Conselho alertou ainda para a quantidade de lixo que pode ser encontrada no mar, indicando que “as autoridades devem fazer a limpeza daquela zona”. Por outro lado, Cheang Iok Man afirmou esperar que as autoridades melhorem a zona das instalações infantis que se encontram em fase de reordenamento, actualmente um “inconveniente para uso das famílias e das crianças”.

Outro dos membros defendeu o aumento do número de sanitários públicos instalados na zona de lazer de Seac Pai Van e apontou que, ultimamente, tem recebido opiniões dos cidadãos sobre o sistema de ventilação dos sanitários públicos, que influencia os moradores. “Alguns moradores já apresentaram esse problema ao Instituto de Habitação. Peço que o Governo trate desse assunto rapidamente”, disse.

Ng Kun Cheong, que falou numa intervenção conjunta com Cheang Iok Man, apelou ao aumento dos percursos de ida e volta entre as ilhas. “As Ilhas têm muitos casinos e são muitas as pessoas que lá trabalham, bem como as que moram nas Ilhas. Os percursos de autocarros já não conseguem suportar todos os passageiros, por isso pedimos ao Governo para aumentar os trajectos nas horas de ponta”, referiu.

Outro membro do Conselho, Lam Ka Chu, também se manifestou sobre questões rodoviárias, denunciando “situações de engarrafamento graves”, especialmente entre as 17h e as 19h, na zona do aeroporto. “O Governo deve melhorar as instalações rodoviárias para diminuir a situação de tráfego naquela zona”, indicou.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s