Áudio livros em destaque na próxima edição de “Os Livros e a Cidade”

A relação entre o som e a leitura e o modo como este confere maior tridimensionalidade aos livros está no centro da 11ª edição da revista trimestral “Os Livros e a Cidade”, já nas bancas. Editada pelo Instituto Cultural (IC), a publicação recomenda ainda alguns áudio-livros, para aproximar os leitores de um formato cada vez mais preponderante no universo literário.

“Esta edição aborda a relação entre som e leitura, dando a conhecer o modo como o som permite aos livros tornarem-se mais tridimensionais e recomendando alguns livros áudio, a fim de dar a conhecer aos leitores a tendência da leitura em voz alta”, assinala o IC, em comunicado.  

O organismo adianta ainda que, nesta edição de “Os Livros e a Cidade”, a coluna “Manual da Biblioteca” leva aos leitores uma retrospectiva das actividades da “Semana da Biblioteca de Macau” deste ano. A mesma inclui a “Conversa com Designers das Publicações independentes” ou os “Encontros entre Arte de recortes em Papel e Design de Configuração de Livros e encadernações”.

Já a secção “Retrato da Biblioteca + Colocando Dúvidas à Biblioteca”, traz neste número da publicação, “entrevistas a jovens leitores da Biblioteca do Mercado Vermelho, partilha de experiências de leitura pela noite dentro e apresenta ainda o serviço de recomendações de compra por leitores da Biblioteca Pública de Macau”, pode ler-se na mesma nota.

O espaço “Fala o Autor” é nesta edição votado a uma entrevista com o autor de Macau, Chung Wai Man, que ali apresenta a sua nova obra “44 Ocasos: Adeus, Principezinho”. Por fim, a coluna “Novos Lançamentos”, apresenta novos títulos recentemente chegados ao mercado, entre livros, revistas, filmes e música. A revista apresenta ainda dez críticas literárias, nas línguas chinesa, portuguesa, e inglesa.

A revista “Os Livros e a Cidade”, com uma tiragem de 3000 exemplares, está disponível, gratuitamente, nas bibliotecas dependentes do Instituto Cultural, nas instituições de ensino superior do território, na Galeria Tap Seac e ainda em diversas livrarias da cidade e em espaços artísticos.     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s