Museu oferece recompensa a quem decifrar caracteres antigos

3.Bones

Um museu do Continente pediu a peritos de todo o mundo que ajudem a decifrar caracteres com 3.000 anos de antiguidade e ofereceu milhões de dólares a quem o conseguir, informou este domingo o South China Morning Post.

O Museu Nacional de Escritos Chineses, na cidade de Anyang, no centro da China, promete na sua página de Internet, pagar 100.000 yuan por cada caracter antigo ainda não decifrado pelos investigadores e metade desse valor se forem caracteres sobre os quais há várias teorias sobre o seu significado.

Nesses textos, sobre temas que variam desde a meteorologia aos impostos, há cerca de 5.000 caracteres dos quais os peritos apenas conseguiram decifrar 2.000, pelo que os restantes – muitos deles relacionados com nomes de lugares e de pessoas da época – continuam a ser um mistério para historiadores e paleógrafos.

O museu de Anyang incentiva os investigadores de todo o mundo a utilizar novas técnicas, como metadados, para procurar a solução para os enigmas colocados pelos escritos chineses antigos.

A oferta de recompensas foi uma prática iniciada em Outubro de 2016, devido ao impasse atingido pelos investigadores do museu, escreve o South China Morning Post.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s