Feira de Emprego para Jovens volta a atrair milhares de interessados

Foram mais de 4700, as oportunidades de trabalho apresentadas por 70 empresas e entidades na Feira de Emprego para Jovens que decorreu no fim-de-semana, na Doca dos Pescadores. A Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL) avançou que, no primeiro dia, visitaram a exposição 2300 pessoas.

 

1.Emprego

Joana Figueira

O Centro de Convenções e Exposições da Doca dos Pescadores acolheu, ao longo do fim-de-semana, a 12ª edição da Feira de Emprego para Jovens, na qual marcaram presença 70 empresas e entidades que, no total, apresentaram mais de 4700 oportunidades de emprego. A iniciativa, organizada pela Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL), pela Associação de Nova Juventude Chinesa de Macau e pela Associação Geral de Estudantes Chong Wa de Macau, contabilizou, no primeiro dia, mais de 2300 visitas.

“Estamos abertos ao público em geral, mas o nosso principal foco é a população mais jovem: recém-licenciados e estudantes – residentes de Macau – que tenham estudado no exterior. Estes últimos, não têm muitos contactos em Macau e torna-se provável que não tenham muitos conhecimentos sobre a situação do emprego, ou seja, o mercado de trabalho no território”, disse, ao PONTO FINAL, Margaret Mang Sui Yee, Chefe do Departamento de Emprego da DSAL.

Entre as empresas e entidades que apresentaram vagas de emprego estão entidades de áreas como as telecomunicações, a hotelaria, a tecnologia, a restauração, os seguros ou o imobiliário. Ainda assim, ao longo da tarde de ontem, era notória a afluência aos expositores das operadoras da indústria do jogo.

Quanto aos seminários que decorreram ao longo dos dois dias do evento e que tiveram como oradores especialistas de vários sectores, Margaret Mang afirmou que a sessão relacionada com técnicas de entrevista ultrapassou as melhores expectativas da organização: “É um tópico muito importante para os jovens, uma vez que, caso se queiram candidatar a uma oportunidade de trabalho, terão aprendido o necessário para enfrentarem uma entrevista”, apontou a dirigente.

Wong Chi Hong, director da DSAL, salientou no discurso inaugural  do certame que “devido à pluralidade do desenvolvimento social, a sociedade precisa de profissionais em diferentes áreas, pela que a DSAL continuará a trabalhar em estreita cooperação com os diversos sectores sociais”.

O director da Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais defendeu ainda que a Feira de Emprego para Jovens serve de plataforma para que os jovens possam contactar directamente com profissionais de diferentes sectores e representantes de várias empresas. É oferecida uma “oportunidade para mais directa e facilmente encontrar um emprego, compreender a situação actual do mercado de Macau e conhecer as características de cada sector e suas perspectivas de desenvolvimento”, sublinhou Wong Chi Hong.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s