Governo recebeu 82 pedidos de exclusão dos casinos no segundo trimestre

Os pedidos de exclusão das salas de jogo de Macau tiveram uma quebra de 15,5 por cento do primeiro para o segundo trimestre, de acordo com os dados revelados pela Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos, ontem citados pela Rádio Macau. Enquanto que nos primeiros três meses do ano o organismo liderado por Paulo Martins Chan tinha recebido 97 pedidos de exclusão dos casinos, no segundo semestre o número caiu para 82 ocorrências.

Entre os pedidos submetidos, 69 são de auto-exclusão, o que significa que foram submetidos pelos próprios apostadores. Ao mesmo tempo, os restante 13 foram submetidos por terceiros à DICJ. Este pedidos são, na  maior parte, formulados por familiares das pessoas com problemas de jogo.

De acordo com os dados, a proporção de pedidos realizados pelas pessoas com dependência do jogo foi de 84,1 por cento, enquanto que os pedidos colocados por terceiros representaram uma proporção de 15,9 por cento.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s