imagem  “Dia da Saúde do Idoso” reuniu duas centenas de seniores no MGM

Pela oitavo ano consecutivo a MGM China promoveu o “Dia da Saúde do Idoso”. Este ano a iniciativa juntou cerca de 200 participantes da Caritas Macau e da Associação de Beneficência Tung Sin Tong. Música, jogos e um espectáculo de dança do leão conduzidas por crianças foram algumas das iniciativa disponibilizadas aos idosos enquanto aguardavam por consultas médicas gratuitas.

 

Cerca de duas centenas de idosos participaram esta terça-feira na oitava edição do “Dia da Saúde do Idoso”, promovida pela MGM China. O maior grupo veio de cinco centros de dia da Caritas Macau, que este ano levou cerca de 120 idosos até às instalações da concessionária de jogo, no NAPE, enquanto que os restantes 80 participantes chegaram da Associação de Beneficência Tung Sin Tong. O Centro para Idosos da Casa Ricci, o Centro de Dia da Ilha Verde, o Centro Pastoral da Areia Preta, o Centro de Dia “Brilho da Vida”, o Longevity Special Day Care Center e o Centro de Actividades para os Idosos foram as instituições subordinadas à Caritas e à Tung Sing Tong que estiveram envolvidas no certame.

Durante a manhã de ontem cerca de duas centenas de médicos e de profissionais de saúde da Associação de Medicina Chinesa de Macau ofereceram consultas gratuitas aos idosos; os procedimentos médicos incluíram a medição da pressão arterial, bem como uma sessão de acompanhamento personalizado. Ao PONTO FINAL, Paulo Seak, um dos médicos presentes, adiantou que os comentários recebidos foram “muito positivos” e que os idosos estavam “muito entusiasmados por participar neste evento”. Além das consultas foram ainda distribuídas sopas e chás herbais e foi realizada uma demonstração de massagem aos olhos com um aparelho previamente distribuído pelos participantes.

Paul Pun, secretário-geral da Caritas Macau, explicou ao PONTO FINAL que a instituição tem vindo a participar na actividade desde que o certame foi instituído por acreditar que os benefícios da iniciativa vão muito além do bem-estar físico: “Este dia da saúde promove não apenas bons hábitos mas também autoconfiança e inclusão na sociedade por parte dos idosos que vivem sozinhos”, defendeu o dirigente. “Com esta oportunidade os idosos podem conhecer novas pessoas e criar novas amizades, ter conhecimento do seu estado de saúde e sair dos centros durante uma manhã”, complementou Paul Pun Chi Meng.

De acordo com números avançados pelo secretário-geral da Caritas, existem actualmente, em Macau, cerca de três mil a quatro mil idosos que vivem sozinhos. Contudo, Paul Pun salientou que uma parte destas pessoas têm apoio domiciliário ou passam, inclusive, parte do seu dia em centros de dia. O dirigente referiu ainda que o trabalho desenvolvido pela Caritas possibilitou a criação de uma rede de apoio aos idosos que vivem sozinhos e que o serviço de cuidados comunitários tem vindo a ajudar a identificar indivíduos em situação de risco.

O evento contou ainda com uma componente lúdica dinamizada por uma equipa de mais de 60 voluntários da MGM China que entretiveram os idosos com jogos e música enquanto estes aguardavam pelas consultas. Uma turma de alunos que se encontram a participar no Programa de Treino da Dança do Leão conduziu também uma performance.

 

CVN

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s