Duterte promete mais autonomia à minoria muçulmana

O Presidente filipino, Rodrigo Duterte, prometeu ontem mais autonomia à minoria muçulmana, com o objectivo de controlar os rebeldes ‘jihadistas’ que ocuparam a cidade de Marawi, no sul do arquipélago.

Duterte comprometeu-se a submeter à votação no parlamento um projecto de lei básica, redigida em comum pelos responsáveis do Governo e o principal grupo rebelde muçulmano, a Frente Moro Islâmica de Libertação (MILF).

O grupo assinou em 2014, com o anterior Presidente, Benigno Aquino, acordos para estabelecer uma paz duradoura na região, renunciando às suas ambições separatistas em troca da autonomia do sul do arquipélago, região com uma maioria muçulmana, num país com 80 por cento da população católica.

No entanto, o parlamento recusou votar a lei fundamental que pretendia criar uma região autónoma.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s