Asiático de Sub-23: Macau inicia apuramento diante da Coreia do Sul

A selecção de sub-23 vai tentar o apuramento para a fase final do Campeonato Asiático da categoria, que se realiza no próximo ano no Continent. A formação do Lótus entra em acção já na próxima quarta-feira diante da Coreia do Sul. O encontro realiza-se em Ho Chi Minh, no Vietname.

1.Macau

João Santos Filipe

 

Coreia do Sul, Vietname e Timor-Leste são os adversários da selecção de sub-23 de Macau, na ronda de apuramento para o Campeonato Asiático da categoria, que começa a ser disputada na próxima quarta-feira. Macau faz parte do grupo I, e todos os três encontros vão ser realizados entre quarta-feira e domingo, no Vietname, mais precisamente na cidade de Ho Chi Minh.

“As coisas estão bem preparadas, temos tido treinos todas as semanas. A equipa está nas melhores condições para mostrar o que é capaz de fazer neste torneio. O nosso objectivo é fazermos o melhor possível”, explicou, ao PONTO FINAL, Daniel Sousa, vice-presidente da Associação de Futebol de Macau. “Ao mesmo tempo, é importante mostrar ao longo da competição o espírito de equipa e ambição para lutar dentro e fora do relvado, assim como também é uma competição que vai permitir aos jogadores adquirirem mais experiência”, sublinhou ainda o responsável.

Em 2018, a fase final do Campeonato Asiático de Sub-23 disputa-se na República Popular da China, cuja selecção já garantiu o apuramento na qualidade de representante do país organizador. No total há 10 grupos de apuramento e os vencedores de cada grupo apuram-se directamente, assim como os cinco melhores quintos classificados.

Sobre o primeiro adversário, Daniel Sousa reconheceu que deverá ser o encontro mais complicado: “A Coreia do Sul deve ser o adversário mais forte, até porque a nível do ranking dos seniores são os que estão melhor classificados [51.ª posição]”, explicou.

Por outro lado, o responsável destacou a evolução da selecção vietnamita e o facto de jogarem em casa, o que pode fazer do encontro frente à selecção anfitriã muito mais complicado do que seria expectável: “Mas o Vietname também progrediu imenso nos últimos anos. Já conseguem competir com a Tailândia, com o Myanmar e com outros países do Sudeste-Asiático. Além disso, é o anfitrião do grupo, vai ter o apoio do adeptos e por isso vai ser difícil defrontá-los, não só para nós, mas para todos os adversários”, explicou.

No plano teórico, o encontro mais acessível é contra Timor-Leste, mas Daniel Sousa deixa o aviso: tem havido um forte investimento dos timorenses nos escalões de formação.

“Teoricamente, Timor-Leste é mais acessível, mas tem trabalhado muito bem ao nível dos escalões de formação, com investimento”, frisou.

Todos os encontros vão ter lugar no Estádio Thong Nhat, estando o primeiro, com a Coreia do Sul, agendado para dia 19, às 18h00 de Macau. O segundo decorre no dia 21, com o Vietname, às 21h00, e finalmente a partida frente a Timor-Leste está marcada para dia 23, às 18h00. A formação de Macau voa para a antiga Saigão na próxima segunda-feira.

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s