Filmes de animação e documentários. Eis a proposta do Centro Cultural de Macau para um Verão em cheio  

 

Inserido no conjunto de actividades promovidas pelo Centro Cultural de Macau no âmbito da iniciativa InspirarARTE, durante o mês de Agosto o Pequeno Auditório vai receber uma mostra de oito filmes internacionais. Filmes de animação, mas também documentários: eis a proposta do CCM para preencher as férias de Verão dos mais jovens.

 

Um conjunto de oito filmes internacionais direccionados para o público juvenil. Esta é uma das propostas do Centro Cultural de Macau (CCM) para as férias de Verão das crianças e jovens do território. Durante o mês de Agosto, o Pequeno Auditório da principal recinto de espectáculos do território vai acolher a mostra “Cinema InspirARTE em Festa”, no âmbito da iniciativa “InspirARTE no Verão”.

Os sonhos de Félicie, que quer ser uma bailarina, e de Victor, que aspira a ser um grande inventor, dão o mote a “Bailarina”, uma animação dos realizadores Eric Summer e Eric Warin. Os dois jovens vivem num orfanato da Bretanha até ao dia em que decidem fugir rumo a Paris para perseguirem sonhos e ambições.

O realizador de Taiwan Tsai Yin-chuan apresenta em “A Caixinha do Papá” a história de um rapaz de nove anos cuja vida é subitamente abalada com a morte do seu pai. Um dia, o jovem de nome Lan, recebe pelo correio uma encomenda que o pai lhe tinha enviado antes de morrer. Nela, encontra-se um relógio que deixou de funcionar e que a criança decide reparar como forma de procurar responder às questões que o assaltam-

A pequena monstrinha Molly vê-se pela primeira vez longe dos pais quando estes têm de se ausentar para chocar o ovo que vai trazer ao mundo a sua irmã mais nova. Juntamente com o seu melhor amigo Edison, Molly embarca numa aventura em busca dos seus pais que vai ganhando intensidade à medida que nela vão avançando. “Molly a Monstrinha” é uma película da autoria dos realizadores Ted Sieger, Michael Ekblad e Matthias Bruhn.

Em “Mundo Nosso” é narrada a história de Sun, uma menina de dez anos que enfrenta tempos difíceis com os problemas económicos da família , amplificados pela dependência do álcool de que o pai é refém. Na escola é constantemente deixada de lado e só com a chegada das férias de Verão é que consegue criar uma nova amizade com Jia, uma rapariga recém-chegada à cidade. No entanto, com o início de um novo ano lectivo, as diferenças socioeconómicas entre as duas raparigas tornam-se cada vez mais evidentes e Jia começa gradualmente a afastar-se de Sun.

O realizador francês Pascal Plisson dá a conhecer ao público juvenil do território as vidas de Nidhi na Índia, Deegli na Mongólia, Tom no Uganda e Albert em Cuba. “O Grande Dia” expõe o quotidiano destas quatro crianças, num dia em que se preparam para enfrentar um grande teste.

“Aterro Filarmónico” conta a história da Orquestra Reciclada de Cateura, um grupo musical do Paraguai, cujos instrumentos são construídos a partir de materiais encontrados no lixo. Sob a direcção musical de Favio Chavez, a orquestra dá início a um percurso inesperado que a leva a protagonizar concertos esgotados em grandes salas. No entanto, o grupo sofre um grande abalo quando a sua comunidade é atingida por um desastre natural. Cabe a Favio encontrar uma forma de manter a orquestra unida e, ao mesmo tempo, oferecer uma fonte de esperança à cidade.

“Socorro, Encolhi a Professora!” segue a transferência de Felix para uma nova escola, onde tem de lidar com o mau-humor de uma professora e onde se depara com dificuldades em criar novas amizades. Numa tentativa de se integrar num novo grupo aceita o desafio de se esconder no quarto da directora. Ao ser descoberto, exprime o desejo de que esta diminua de tamanho, o que acaba por acontecer.

Quando tinha três anos, Owen Suskind, é diagnosticado com autismo e acaba por se fechar nesse mundo. Quatro anos volvidos começa a reagir a filmes da Disney e o seu pai, mascarado de uma das personagens do universo criado por Walt Disney, começa a falar com o seu filho, que apenas responde com falas de filmes. “A Vida Animada” é o documentário do norte-americana Roger Ross Williams, vencedor do prémio de Realização no festival Sundance de 2016. O filme foi nomeado para os Óscares deste ano na categoria de Melhor Documentário.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s