Centro Cultural recebe versão vanguardista de “Rei Lear”

 

 

O palco do Grande Auditório do Centro Cultural de Macau recebe a 10 de Setembro a peça teatral “Canções de Lear”, uma adaptação alternativa de “Rei Lear”, uma das mais conhecidas tragédias de William Shakespeare.

Encenada pela companhia polaca “Song of the Goat”, a produção teatral combina representação, salmos bíblicos e canto gregoriano, numa recriação sonora que faz com que a icónica obra de Shakespeare ganhe uma dimensão inédita, a meio termo entre o teatro e o musical.

A trama de “Canções de Lear” desenrola-se tendo por base canções originais, concebidas pelo instrumentista polaco Maciej Rychly e pelo compositor corso Jean Claude Accquaviva. Um total de onze artistas vão abordar, sob a forma de canções, alguns dos mais significativos excertos da obra original, acompanhados por instrumentos tão díspares como o violino, o harmónio indiano ou o alaúde africano. Numa nota de imprensa enviada às redacções, o Centro Cultural de Macau adianta que os temas vão ser interpretados num cenário minimalista, uma opção que “expande a significância da tragédia shakesperiana” tendo como referencial o mundo contemporâneo.

Em 2012, a peça “As Canções de Lear” foi alvo de recepção entusiástica por parte da crítica no âmbito do Festival Internacional de Edimburgo. O sucesso alcançado na Escócia abriu as portas à internacionalização da companhia de teatro polaco, que atravessou o Atlântico e apresentou a criação em festivais como o nova-iorquino “Next Wave” ou o chileno “Santiago a Mil”.

Fundada em Wroclaw, na Polónia, em 1996 por Gregorz Bral e Anna Zubrzycki, a companhia teatral “Song of the Goat” é vista como uma das mais “entusiasmantes  e vanguardistas” companhias teatrais da actualidade, escreve o Centro Cultural de Macau em comunicado.

A 10 de Setembro, a subida ao palco de “Canções de Lear” é antecedida por uma tertúlia, conduzida em cantonense, em que será abordado o percurso e o trabalho feito pela companhia. Os bilhetes para a peça vão estar disponíveis na rede bilheteira de Macau a partir do próximo domingo e custam entre 100 e 250 patacas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s