Trabalhadores e indústria do jogo são prioridades para a lista de Angela Leong

A quarta mulher de Stanley Ho encabeça a lista da Nova União para o Desenvolvimento de Macau. A candidatura pretende implementar políticas para que todos tenham acesso ao ensino superior de forma gratuita. A empresária sugere ainda casas para os mais jovens arrendarem a preços abaixo do mercado.

2b.Wall Street Journal

João Santos Filipe

 

O bem-estar dos trabalhadores da indústria do jogo e o desenvolvimento sustentado do sector são as principais prioridades para Angela Leong, deputada e Directora Executiva da Sociedade de Jogos de Macau. A composição da lista da Nova União para o Desenvolvimento de Macau (NUDM) foi apresentada ontem, e no acto de entrega da candidatura foi deixada outra bandeira eleitoral: dormitórios com rendas mais baixas para os jovens que estão a entrar no mercado de trabalho.

“A nossa prioridade é o desenvolvimento sustentável da indústria e os assuntos relacionados com os trabalhadores desta área. Em segundo lugar vamos concentrar a nossa atenção no desenvolvimento económico, indústria do jogo e na diversificação da economia”, disse Angela Leong, ontem de manhã, no Edifício da Administração Pública. “A nossa plataforma política cobre muitos assuntos, desde o desenvolvimento económico aos assuntos das pessoas, passando pela filantropia, habitação social, entre outros”, frisou.

Além de Angela Leong, constam na lista mais 11 nomes. O segundo é William Kuan, investidor imobiliário, e o terceiro Arnaldo Ho, filho da deputada e  do magnata Stanley Ho. No quarto lugar surge o Director Executivo da Associação Macau Special Olympics, Hetzer Siu, depois, Tsui Po Fung, presidente da Associação de Educação Permanente de Macau, e Lou Kit Long, presidente da Associação de Professores de Educação Física, entre outros.

No que diz respeito aos assuntos da habitação, Angela Leong propõe a criação de dormitórios para jovens, à semelhança dos que já existem em Hong Kong: “Vai ser um novo tipo de habitação pública para arrendar, à qual os jovens que acabaram de estudar e estão a entrar no mercado do trabalho podem aceder por um preço mais baixo”, explicou.

 

Arnaldo Ho na lista para aprender

 

No programa eleitoral são igualmente focadas as áreas das Pequenas e Médias Empresas, protecção dos grupos mais vulneráveis da sociedade, resolução dos problemas do trânsito e a integração das diferentes comunidades de Macau, como os macaenses.

Durante a entrega da lista, também Arnaldo Ho explicou as razões para se envolver na candidatura: “É uma oportunidade para aprender. No passado também participei em várias actividades de cariz social, mas é algo de que poucas pessoas têm conhecimento”, confessou Ho.

“A minha geração tem uma forma diferente de pensar e não tem um grande interesse nas eleições em Macau. Se eu vier a público participar nas eleições, talvez seja possível chamar a atenção, envolver os mais novos e fazer com que a sua voz seja mais ouvida na sociedade”, acrescentou.

A lista NUDM tem como mandatário o cônsul-honorário de Portugal em Hong Kong, Ambrose So Shu Fai, e inclui ainda Ho Chak San, funcionário da operadora, Armando Amante, secretário-geral da Associação de Squash de Macau, Ng Sut I, Szeto Tie Fung, Ao Sut In e José Luís Pedruco Achiam.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s