Onze equipas já utilizaram serviço simplificado de licenças de filmagem

0.Instituto

Desde o dia 30 de Maio, foram de uma dezena e meia os pedidos de licenciamento de filmagem solicitados ao Instituto Cultural (IC), organismo responsável pelo serviço de coordenação dos requerimentos. Chan Peng Fai, vice-presidente do Instituto Cultural (IC), disse em conferência de imprensa que 11 dos pedidos já foram utilizados, sendo que quatro não necessitaram da coordenação do Governo por serem “mais simples”.

As equipas que contactaram o Governo são oriundas de Macau e do estrangeiro, sendo que os projectos de filmagem incluem cinema, tanto na sua acepção documental, como comercial. De acordo com Chan Peng Fai, os pedidos efectivos de serviço de coordenação foram encaminhados, num período de três dias, aos respectivos serviços públicos competentes, como é o caso da Direcção dos Serviços de Turismo (DST), a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT) ou o Corpo de Polícia de Segurança Pública (CPSP).

O sistema de licenciamento de filmagens “tem por objectivo simplificar o mecanismo administrativo de pedido de licenças de filmagem” e “o Instituto Cultural assume o papel de –  de acordo com os critérios e requisitos –  conduzir os pedidos para os outros serviços públicos competentes, para que os requerentes não precisem de se deslocar a vários pontos para um único pedido de filmagem”, explicou o vice-presidente do Instituto Cultural.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s