Professores ajudaram a delinear  exigências das competências académicas básicas

3.Macau escola

As exigências relativas às competências académicas básicas para os ensinos básico e secundário, recentemente divulgadas, foram delineadas por especialistas e académicos, mas o processo contou com o contributo de professores de ambos os níveis de ensino, adiantou ontem a emissora em língua chinesa da Rádio Macau, citando um comunicado da Direcção dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ).

O relatório do Governo sobre as chamadas competências académicas básicas define como prioridades a melhoria das capacidades de comunicação dos alunos, a capacidade de coordenação dos estudantes, a consciência civil e comunitária e a promoção de uma cultura de aprendizagem ao longo da vida, bem como uma cultura de valorização do conhecimento.

No comunicado enviado pela DSEJ, sublinha a Ou Mun Tin Toi, salienta-se que o propósito fundamental das reformas nos níveis de ensino básico e secundário é o de proporcionar aos estudantes uma experiência de ensino mais diversificada. A Direcção dos Serviços de Educação e Juventude garante ainda que vai continuar a promover o desenvolvimento dos currículos com base na experiência obtida, bem como a trabalhar para  melhorar a capacidade pedagógica dos professores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s