Austrália retoma operações aéreas na Síria

Operation OKRA

As autoridades australianas vão retomar as missões da sua força aérea na Síria, dois dias depois de anunciar a suspensão temporária das operações no âmbito da escalada de tensão entre os Estados Unidos e a Rússia, informaram esta quinta-feira fontes oficiais.

A suspensão foi decidida depois de na segunda-feira a Rússia ter qualificado como alvo militar qualquer avião da coligação internacional que fosse detectado no espaço aéreo da Síria a oeste do rio Eufrates.

Moscovo tomou a medida como represália pelo abate pelos Estados Unidos de um caça Su-22 sírio que bombardeou posições perto das Forças da Síria Democrática (FSD), aliadas de Washington, e que colaboram na ofensiva para conquistar Al Raga ao grupo extremista Estado Islâmico.

“Essa foi uma medida de precaução para permitir à coligação avaliar os riscos operacionais”, disse o departamento australiano em comunicado. “A suspensão foi levantada”, acrescentou a declaração que não especifica se as missões das forças aéreas já tinham sido retomadas ou quando isso deverá acontecer.

A Austrália tem destacados cerca de 780 membros das forças armadas no Iraque e na Síria, onde realiza trabalhos de assistência e formação, no primeiro, e colabora nos bombardeamentos aéreos no segundo.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s