“A Cabaia”, de Deolinda da Conceição, ganha vida em palco ainda este ano

Picture-0034-672x372.jpg

 

Um colectivo teatral do território encontra-se em processo de adaptação para teatro de um dos contos da obra “Cheong Sam – A Cabaia”, de Deolinda da Conceição. A notícia foi avançada pelo filho da escritora, António Conceição Júnior. O artista plástico diz ter ficado “extremamente agradado” com a intenção apresentada pelo grupo de teatro de levar ao palco o legado literário da mãe: “Fiquei muito satisfeito que alguém da outra comunidade manifeste esta abertura de espírito, o que me deixa extremamente agradado porque eu acho que é importante que nós transitemos entre os territórios mentais e culturais” disse ao PONTO FINAL.

O grupo que abordou António Conceição Júnior indicou que a apresentação da peça está prevista para Dezembro, num registo que inclui ainda ópera. Quanto à adaptação do texto, Conceição Júnior coloca ênfase na liberdade criativa: “Gostaria que eles tomassem toda a liberdade para criar como queiram. Isso é fundamental”.

Numa sessão evocativa da vida e da obra da autora, por ocasião do centésimo aniversário do seu nascimento, o historiador Fernando Sales Lopes, citado pelo Jornal Tribuna de Macau, destacou Deolinda da Conceição como “a primeira mulher e macaense jornalista”. No mesmo encontro, Maria Antónia Espadinha – actualmente vice-reitora da Universidade de São José –  descreveu a escrita de Deolinda da Conceição como uma “escrita escorreita, plena de vida, em que o leitor vai ficando cada vez mais cativado pelas palavras”: “Pela sua forma simples, viva, há quem lhe chame realista, mas não só realista porque é uma escrita muito poética”, acrescentou.

Deolinda da Conceição nasceu em Macau em 1913, em vésperas da I Guerra Mundial. Em 1937 foge de Xangai rumo a Hong Kong onde permanece oito anos até regressar a Macau em 1945. “Cheong Sam – A Cabaia” reúne 27 histórias de mulheres chinesas e do sofrimento pelo qual as suas vidas foram pautadas. A obra foi pela primeira vez publicada em 1956 pela livraria Francisco Frade, em Lisboa.

 

CVN

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s