Centro Médico Ai Wei Fu pode perder licença devido à utilização de medicamentos fora de prazo

6-laboratory-test-tubes-in-science-research-lab-olivier-l-studio.jpg

 

O Centro Médico Ai Wei Fu foi condenado a suspender as suas operações devido à alegada importação ilegal e ao uso de medicamentos fora de prazo, noticiou a emissora em língua chinesa da Rádio Macau.

Lei Chin Ion, director dos Serviços de Saúde, assegurou que o organismo lançou uma investigação a aprofundada e está a prestar acompanhamento às pessoas que poderiam estar a ser medicadas com fármacos fora do prazo de validade. Os Serviços de Saúde estão ainda a tentar perceber há quanto tempo o centro fornecia ilegalmente estes remédios. Se o organismo liderado por Lei Chin Ion conseguir provar que estes medicamentos tiveram impacto nos utentes, o encerramento da licença da clínica será decretado e a licença do médico responsável pela valência em questão será revogada.

Numa primeira fase, a Direcção dos Serviços de Saúde afasta a possibilidade de poder vir a remeter o caso para o Ministério Público. Quanto às organizações médicas privadas suspeitas de providenciar ilegalmente serviços de procriação medicamente assistida, os Serviços de Saúde dizem ter iniciado um processo de auscultação. O organismo vai colaborar com os Serviços de Economia e os Serviços de Alfândega para estudar uma forma de inviabilizar a importação ilegal de equipamentos médicos a partir da fonte.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s