ATFPM reúne com Transmac para discutir reposição do percurso original da carreira 25

3-transmac

A Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau (ATFPM) esteve reunida com representantes da Transmac, num encontro em que o principal assunto sobre a mesa versou sobre as alterações ao percurso da carreira de autocarro nº 25. A empresa justificou a mudança com a necessidade de evitar a sobreposição de paragens entre às várias carreiras que servem Coloane.

A explicação não convenceu a Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau, que sustenta que a redução do trajecto causa mais incómodos do que ganhos aos residentes do território: “Este encurtamento  de carreira causa incómodo aos muitos trabalhadores que residem na zona de Hac Sa mas trabalham ou frequentam escolas na zona perto das Portas do Cerco”.

A associação liderada por Pereira Coutinho contesta também os dados avançados pela empresa, que dão conta de que o tempo de viagem entre Hac Sa e as Portas do Cerco diminui, ainda que os residentes que moram junto ao maior areal do território estejam obrigados a mudar de autocarro pelo menos uma vez.

A Associação dos Trabalhadores da Função Pública de Macau avançou também que desde a alteração da carreira “tem recebido centenas de queixas e foram recolhidas mais de 600 assinaturas dos residentes de Coloane e Hellene Garden e os trabalhadores daquela zona”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s