Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau deve reforçar vocação lusófona da RAEM  

 

1-thepeak1

O Centro de Pesquisa Estratégica para o Desenvolvimento de Macau deu esta quinta-feira a conhecer as conclusões de um relatório sobre o papel que Macau deve assumir no âmbito da estratégia da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, o projecto concebido pelo Governo Central tendo em vista a criação de uma mega área metropolitana no sul da China.

O relatório, intitulado “Agrupamentos de Cidades na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau: o papel, os desafios e a estratégia de Macau” reitera o estatuto, já assumido pelo território, de plataforma ou “ponto de contacto” entre as província e as cidades do Grande Delta do Rio das Pérolas e o mundo lusófono, mas sugere um alargamento de competências, de forma a que a RAEM possa assumir um papel de maior relevo no âmbito das iniciativas desenvolvidas ao abrigo do projecto “Uma Faixa, Uma Rota”.

O relatório sugere ainda que o Governo contribua para a agilização do funcionamento do Fundo de Cooperação para o Desenvolvimento China-Países de Língua Portuguesa de forma a que as empresas do território possam tirar proveito da aproximação aos mercados lusófonos. O organismo insta ainda o Executivo a trabalhar para atrair para Macau a sede de empresas de renome internacional, de forma a tornar a economia do território mais competitiva.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s