Residentes de Macau contrabandeavam vinho para Cantão

vinhos-garrafoes-frades.jpg

As autoridades alfandegárias de Hangpu, na vizinha província de Guangdong, prenderam 29 pessoas, por suspeita de envolvimento num caso de contrabando de vinho para o Continente. Entre os detidos estão residentes de Macau, que transportavam o vinho do território para Cantão, através das Portas do Cerco.

De acordo com as autoridades do Continente, citadas pela agência  China News Service, o caso envolve sete organizações diferentes, que terão contrabandeado vinho no valor de 230 milhões de renmibi. O caso foi descoberto depois das autoridades do Continente terem lançado uma investigação às práticas conduzidas por uma empresa de Donnguan.

Após a suspeita se ter comprovado, foram conduzidas operações independentes na segunda-feira em Zhuhai, em Dongguan, em Cantão e em Shenzhen, que resultaram na descoberta de sete redes independentes de contrabando. As autoridades chinesas apreenderam 490 toneladas de vinho, que seriam vendidas no Continente com um preço inferior ao praticado no mercado.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s