Selecção de Macau tem desafio difícil com o Myanmar mas aponta à vitória

 

A formação do território vai defrontar amanhã o Myanmar, em jogo a contar para o processo de qualificação para a fase final da Taça Asiática. Apesar de não poder contar com alguns dos habituais titulares, o treinador Joseph Tam garante uma equipa focada na vitória. O seleccionador do território deixou um apelo aos adeptos: desloquem-se ao estádio para apoiar Macau.

1.Macau

João Santos Filipe

 

A selecção de futebol de Macau vai defrontar amanhã o Myanmar (19h30, Estádio de Macau) e apesar de ser à partida menos cotada e de se apresentar sem algumas pedras importantes, o objectivo passa por garantir a primeira vitória no grupo A de qualificação para a fase final da Taça Asiática. A meta foi traçada ontem pelo seleccionador Joseph Tam Iao San, em declarações ao PONTO FINAL.

“O Myanmar é uma equipa mais forte do que nós. Todas as equipas do grupo são mais fortes até porque todos os jogadores delas são profissionais, e os nossos são amadores”, disse Joseph Tam. “Mas temos de entrar em campo a pensar na vitória, mesmo quando não podemos contar com alguns atletas”, frisou.

Entre as baixas da selecção estão os defesas do Benfica, Filipe Duarte, lesionado, e Chan Mang, que está actualmente a frequentar a Academia da Polícia de Segurança Pública. Também, por lesão, ficou de fora da convocatória Lao Pak Yin, médio defensivo do Ka I: “Sei que os jogadores escolhidos para os substituir se vão dedicar a 100 por cento à selecção de Macau e vão lutar com tudo pela vitória, apesar dos vários obstáculos. Estou confiante que os meus jogadores estão bem preparados mental e fisicamente”, explicou Tam Iao San.

 

Organização defensiva vista como essencial

 

Em relação à estratégica a adoptar ao final da tarde de amanhã, o técnico defende que a equipa tem de se manter fiel ao seu estilo de jogo, não podendo entrar muito subida e ao ataque, para não criar facilmente espaços na defesa, que podem ser facilmente explorados pelo adversário.

“Precisamos de estar muito bem organizados na nossa grande área e principalmente na zona da marcação de grande penalidade. Também as transições para a defesa vão ser essenciais, porque os jogadores do Myanmar não são tão rápidos como os do Quirguistão, mas são tecnicamente muito fortes”, esclareceu.

Para preparar o encontro, os jogadores escolhidos já tem estado a treinar juntos nos últimos dias. No entanto, uma vez que os jogadores não são profissionais há sempre alguns atletas que acabam por faltar aos treinos devido a motivos profissionais.

Para terça-feira, Joseph Tam Iao San deixa um apelo aos adeptos e amantes de futebol, que compareçam no Estádio e apoiem a selecção de Macau: “Isto não é só a nossa equipa [da Associação de Futebol], é a equipa de todos. E todos os que gostam de Macau e de futebol têm uma boa oportunidade para ir ao Estádio e apoiar os jogadores”, apontou.

 

O encontro é pontuável para a 2.ª jornada do Grupo A de apuramento para a Taça Asiática. Na primeira jornada, Macau perdeu no Quirguistão pela margem mínima. Já o Myanmar foi derrotado pela Índia igualmente por 1-0, com o golo a ser apontado por Sunil Chhetri, antigo avançado do Sporting

A Associação de Futebol de Macau pede a todas as pessoas que se desloquem ao encontro que cheguem cedo ao recinto e avisa que vai haver um controlo apertado de segurança, inclusive com revista à entrada do Estádio de Macau.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s