Cidadãos chineses detidos por roubarem caixa das esmolas em templo budista

mo_temple3_small

A Polícia Judiciária procedeu à detenção de dois cidadãos do Continente, suspeitos de terem roubado a caixa das esmolas de um conhecido templo budista situado na Avenida do Almirante Lacerda. O caso remonta a 2015 e os dois homens terão regressado à República Popular da China logo após terem cometido o furto.

Os dois homens foram detidos no domingo no Posto Fronteiriço das Portas do Cerco quando se preparavam para voltar a entrar no território. Depois de ter sido interrogado pela Polícia Judiciaria, um dos suspeitos reconheceu a autoria do crime. O homem explicou que tinha lido num dos jornais do território uma notícia relativa às receitas obtidas pelo templo apenas com os donativos dos fiéis e engendrou um plano que acabaria por culminar com o roubo de cerca de 70 mil patacas de quatro caixas de esmolas. A Polícia Judiciária encaminhou o caso para o Ministério Público, que deverá acusar os dois homens de furto agravado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s