China recomenda que países árabes se mantenham unidos

0.Qatar.jpg

O Governo chinês recomendou esta segunda-feira aos países árabes que se “mantenham unidos”, face à decisão da Arábia Saudita, Egipto, Emiratos Árabes Unidos e Bahrein de romperem relações diplomáticas com o Qatar.

“A China espera que esses países consigam gerir adequadamente as suas diferenças através do diálogo e consultas, e se mantenham unidos para promoverem conjuntamente a paz e a estabilidade regionais”, afirmou a porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros Hua Chunying.

Os quatro países árabes anunciaram ontem, num movimento sem precedentes, o corte de relações diplomáticas com o Qatar, acusando-o de desestabilizar a região e de apoiar o terrorismo, incluindo a organização terrorista Estado Islâmico (EI).

O governo do Iémen anunciou também, posteriormente, o corte de relações com o Qatar, acusando Doha de ligações com os grupos houthis pró-iranianos e de apoio a grupos jihadistas.

O Qatar classificou a decisão como uma “campanha hostil, fundamentada em calúnias (…) “testemunhando uma premeditação para prejudicar” o país.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s