Detido estudante que contratou outro aluno para fazer exame em seu lugar

3.Exames.jpg

Há um outro estudante universitário suspeito de contratar uma outra pessoa para fazer o exame em seu lugar, noticiou ontem a emissora em língua chinesa da Rádio Macau. Um caso idêntico foi anteontem divulgado pela comunicação social do território.

A Polícia de Segurança Pública (PSP) deteve para investigação um aluno de 24 anos que foi contratado para fazer um exame por outro e um outro estudante universitário de 21 anos, suspeitos de contratação ilegal e de utilização de identidade falsa.

O estudante de 21 anos revelou que conheceu uma intermediária através da rede social WeChat no início de Maio e que, em seguida, a mulher encontrou outro indivíduo, estudante, disponível para fazer os exames pelo preço de 1600 RMB (1887 patacas) por exame, num negócio que envolveu um total de 8 mil RMB (9434 patacas).

O estudante de 24 anos terá recebido dois mil RMB (2359 patacas) adiantados, tendo pago 250 RMB (295 patacas) para pedir à intermediária ajuda na falsificação do cartão de estudante e na inscrição no exame. O cartão falso foi entregue em Zhuhai.

A Polícia de Segurança Pública adiantou que o professor que vigiava o exame reparou que o aluno em questão não era da sua turma e denunciou a situação. Os dois estudantes universitários foram encaminhados para o Ministério Público acusados dos crimes de contratação ilegal e de utilização de identidade falsa.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s