Tempo de vacas gordas. Receitas públicas sobrem 10,6 por cento

Nos quatro primeiros meses do ano, as receitas da Administração pública cresceram 10,6 por cento em termos homólogos. No final do mês de Abril as receitas públicas totalizavam 35 902 milhões de patacas, estando executadas em 39,5 por cento, anunciou a Direcção dos Serviços de Finanças.

1.Macau.jpg

As receitas públicas aumentaram 10,6 por cento até Abril, em termos anuais homólogos, em linha com o aumento da verba arrecadada com os impostos directos cobrados sobre a indústria do jogo, indicam dados oficiais.

De acordo com dados provisórios publicados no portal da Direcção dos Serviços de Finanças, a Administração do território fechou os primeiros quatro meses do ano com receitas totais de 35.902 milhões de patacas, valor que traduz uma execução de 39,5 por cento.

Os impostos directos sobre o jogo – 35 por cento sobre as receitas brutas dos casinos – foram de 29.920 milhões de patacas, reflectindo um aumento de 11,5 por cento face ao mesmo período do ano passado e uma execução de 41,6 por cento em relação ao Orçamento autorizado para 2017.

A importância do jogo reflecte-se no peso que detém no orçamento: 83,3 por cento nas receitas totais, 83,6 por cento nas correntes e 94,8 por cento nas derivadas dos impostos directos.

Já as despesas diminuíram 4,7 por cento comparativamente aos primeiros quatro meses de 2016, para 16.283 milhões de patacas, estando cumpridas em 19,7 por cento.

Dentro desta rubrica destacam-se os gastos ao abrigo do Plano de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração (PIDDA) que quase triplicaram, com uma subida de 180,9 por cento em termos anuais homólogos, para 1.521 milhões de patacas, estando executados em 10 por cento. Entre receitas e despesas, a Administração de Macau acumulou um saldo positivo de 19.078 milhões de patacas.

A ‘almofada’ financeira aumentou 28,8 por cento em termos anuais homólogos para um valor que excede, até ao quarto mês, o previsto para todo o ano (5.567 milhões de patacas), dado que a taxa de execução corresponde a 342,7 por cento do orçamentado.

O desempenho das receitas públicas, que voltaram a crescer em Janeiro após meses de quedas homólogas, acompanhou o desempenho da indústria de jogo, principal pilar da economia da Região Administrativa Especial, que tem mostrado sinais de recuperação desde a segunda metade do ano passado.

As receitas do jogo iniciaram em Junho de 2014 uma curva descendente, que terminou em Agosto último, após 26 meses consecutivos de quedas anuais homólogas.

A Administração de Macau encerrou 2016 com receitas de 102.412 milhões de patacas, uma diminuição de 6,7 por cento, naquele que foi o segundo ano consecutivo de queda em pelo menos cinco anos, depois do ‘tombo’ de 29,7 por cento em 2015.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s