Terminal Marítimo da Taipa inaugurado, doze anos e 3,8 mil milhões depois

O secretário para os Transportes e Obras Públicas, Raimundo do Rosário, considerou que a derrapagem registada na obra – equivalente a seis vezes o orçamento inicial –  “não foi muito grande”. O governante deixou o aviso: a obra foi problemática, há zonas que foram construídas há mais de dez anos e os problemas – inevitavelmente – vão surgir.

1.Inauguracao

João Santos Filipe

 

Ao fim de doze anos de construção – e de um custo de 3,8 mil milhões de patacas – o Terminal Marítimo da Taipa foi ontem de manhã inaugurado e vai começar a operar no primeiro dia de Junho. A cerimónia contou com quase todas as principais figuras do Executivo, da Assembleia Legislativa e  da classe empresarial do território. Após a inauguração, Raimundo do Rosário considerou que a derrapagem orçamental  registada não foi “muito grande”, apesar do custo final da empreitada ter sido seis vezes superior ao previsto.

“Esta obra é muito grande. A infra-estrutura tem 200 mil metros quadrados, portanto não é pequena e ainda temos de considerar os arranjos exteriores. Não acho que a derrapagem tenha sido muito grande”, afirmou Raimundo Rosário. “Tem de se dizer uma coisa: no início o terminal tinha oito lugares para atracação e hoje tem 16. Quando o projecto se iniciou era uma coisa muito pequena, mas sofreu sucessivas alterações, leia-se ampliações, e ampliações grandes que resultaram no edifício que temos hoje. É maior do que o terminal de passageiros do aeroporto. Não creio que tenha havido uma grande derrapagem”, explicou.

Ainda antes do Terminal Marítimo da Taipa ter sido inaugurado surgiram vídeos nas redes sociais a mostrar infiltrações, que terão sido posteriormente solucionadas. Tanto o secretário para os Transportes e Obras Públicas, como a directora dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água, Susana Wong – responsável pelo único discurso proferido na cerimónia de inauguração – reconheceram que esperam problemas estruturais: “Se não estou em erro, as obras começaram há muito tempo com os tais oitos cais de atracação. Entretanto foi decidido ampliar este terminal e para ampliar o terminal foi decidido fazer o provisório”, recordou. “O provisório ficou concluído em 2007 e estamos em 2017, uma parte deste terminal já foi cumprida há 10 anos. Esta obra teve várias peripécias e esteve parada por um período que não foi curto. É natural que a obra tenha problemas, sempre reconheci isso, mas estamos cá para resolvê-lo”, apontou.

 

Mil lugares de estacionamento e cinco heliportos

 

Questionado se se sentia feliz ou aliviado com o facto da obra ter finalmente sido inaugurada, Raimundo do Rosário disse estar “feliz” e recusou ser o único a merecer os louros pela concretização: “Tenho a certeza que não é só mérito de uma pessoa. Temos 3400 pessoas [no serviços da tutela] e eu sou uma delas”, apontou.

 

Quando o novo terminal abrir, o provisório vai começar imediatamente a ser demolido, para dar lugar a um depósito de combustíveis para abastecimento das embarcações.

Por agora, o Terminal da Taipa vai apenas receber as rotas que estavam a servir as instalações temporárias, que correspondem a 35 por cento do tráfego de passageiros que usam os terminais marítimos da RAEM. Gradualmente, explicou Susana Wong, existe a esperança que o tráfego possa subir para mais de 40 por cento.

Com uma área de 200 mil metros quadrados, o terminal é maior do que o terminal do Aeroporto de Macau, tem 16 lugares de atracação de barcos – neste momento apenas oito estão a funcionar –, três lugares de atracação multifuncionais, 127 canais de passagem fronteiriça, 1000 lugares de estacionamento e cinco heliportos.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s