Vice-presidente da Galaxy defende abolição da fronteira com Hengqin

Colocar um ponto final no controlo alfandegário entre Macau e a Ilha da Montanha para promover as duas regiões como um mega centro unificado de turismo. Este foi o caminho defendido pelo vice-presidente do grupo Galaxy Entertainment, Francis Lui, ontem no primeiro dia da edição de 2017 da Global Gaming Expo Asia.

1.Lui

O fim das fronteiras e dos procedimentos alfandegários entre Macau e a Ilha da Montanha, território também conhecido por ilha de Hengqin, foi a sugestão que Francis Lui, vice-presidente da operadora Galaxy Entertainment Gaming levou à edição de 2017 da Global Gaming Expo Asia. Também conhecido como G2E, o evento foi ontem inaugurado e prolonga-se até quinta-feira, no hotel-casino Venetian.

“Encorajamos a ideia de implementar medidas para a livre circulação entre Hengqin e Macau, para que todos os visitantes de Macau possam igualmente ter acesso às atracções que Hengqin tem para oferecer e depois possam regressar livremente a Macau”, afirmou Francis Lui, de acordo com o portal GGR Asia. “[A possibilidade] faria com que Macau fosse mais competitivo e atractivo enquanto um local de turismo focado no entretenimento direccionado paras famílias. Vou dizer assim: Macau é o maior centro de jogo do Mundo e se estivesse ligado a Hengqin, uma região focada no entretenimento, seria como juntar Las Vegas e Orlando”, acrescentou.

Além de ter em mãos a expansão e o desenvolvimento do Galaxy Resort, a operadora de jogo, fundada pelo pai de Francis Lui – o milionário Lui Che Woo –  está igualmente a construir um projecto de entretenimento na Ilha de Montanha.

Redução de Impostos

Numa das conferências que decorreram durante o primeiro dia da edição de 2017 da G2E Asia, o vice-presidente da Galaxy considerou ainda que é muito cedo para que se possa avançar para a redução dos impostos com que é taxado o sector do jogo. Porém, Francis Lui deixou um aviso: há cada vez mais jurisdições a competir com Macau. Muitas, sublinha o empresário, oferecem regimes fiscais mais atractivos: “Temos de ter em conta que existem jurisdições com uma carga fiscal mais baixa que estão activamente a promoverem-se junto dos grandes apostadores chineses”, avisou, de acordo com o portal GGR Asia, especializado nas dinâmicas da indústria do jogo.

“Vais chegar uma altura, dependendo das condições de mercado, em que talvez exista a necessidade de todos os interessados – incluindo a comunidade, Assembleia Legislativa, Governo e concessionárias – terem uma discussão aberta e honesta sobre como garantir a competitividade a longo-prazo”, previu.

 

Evitar fuga de capitais da República Popular da China

 

Ao longo da sua intervenção, Francis Lui admitiu que as receitas da operadora nos segmentos relativo às componentes não-jogo e do mercado de massas tem crescido significativamente, depois de um período de investimento. Contudo, Francis Lui sublinhou que o mercado VIP tem de ser bem estruturado, de uma forma que não sirva apenas para desviar fundos com origem na República Popular da China: “Compreendemos totalmente as preocupações do Governo Central sobre a fuga de capitais. Se houver a ideia que Macau é um sítio para lavar dinheiro, há a possibilidade de serem apertadas as restrições nos vistos”, defendeu o responsável. “Temos de mostrar de uma forma muito clara ao Governo Central que apoiamos o jogo responsável com total abertura e transparência”, acrescentou.

Na cerimónia de abertura do evento estiveram presentes várias pessoas ligadas ao sector do jogo e ao Governo, como Paulo Martins Chan, director da Direcção de Inspecção e Coordenação dos Jogos, Helena Fernandes, directora da Direcção de Serviços de Turismo ou ainda o adjunto do director-geral dos Gabinete de Ligação para os assuntos de economia, Wang Jiabao. Presentes estivram ainda os representantes da organização: Geoff Freeman, presidente da Associação de Jogo Americana e Hu Wei, presidente da Reed Exhibitions.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s