Kwan Tsui Hang pede melhoria das instalações dos mercados antigos

 

complexo-mercado1.png

Kwan Tsui Hang quer saber se o Executivo tenciona melhorar as instalações dos mercados mais antigos, nomeadamente com a instalação de ar condicionado. Numa interpelação escrita dirigida ao Governo, a deputada questiona ainda que destino será dado à cave do Complexo Municipal do Mercado de São Domingos, de onde foram retiradas as bancas de venda de peixe, agora localizadas no rés-do-chão. José Tavares, presidente do Conselho de Administração do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM), responde que o organismo tem vindo continuamente a optimizar as instalações  dos mercados e que os trabalhos de melhoria se processam por ordem de prioridade, em diferentes períodos, para reduzir o impacto sobre a população. Já a cave do Mercado de São Domingos, serve actualmente, explica Tavares, de armazém do próprio IACM:  “De modo a melhorar as operações e o ambiente de compras dos mercados, o IACM tem continuado a optimizar as instalações dos mercados, e os trabalhos de melhoria progridem com base na ordem de prioridade, em fases, em diferentes períodos de tempo, para reduzir a influência sobre os operadores e os cidadãos”, justificou José Tavares. O presidente do IACM assegura que o organismo “avaliou a viabilidade de instalar aparelhos de ar condicionado e melhorar as instalações”, tendo-o feito em vários mercados da cidade.

Sobre o destino dado à cave do Mercado de São Domingos, o responsável revela que o espaço é agora usado como armazém “para guardar os artigos necessários para todo o tipo de actividades e também como espaço de reserva”.

Kwan Tsui Hang tinha inquirido ainda o Governo sobre a forma como o Executivo se propunha “recolher as opiniões dos vendilhões e da sociedade, com vista ao aperfeiçoamento das instalações dos mercados e do ambiente de negócio dos vendilhões?”

José Tavares respondeu que “o IACM presta muita atenção às opiniões dos grupos sociais e dos cidadãos e também recolhe opiniões dos mercados e bancas”. O responsável máximo do organismo salientou que os cidadãos podem “apresentar as suas opiniões nas reuniões públicas do Conselho de Administração do IACM” e ainda à sua liderança no Colóquio Sobre Assuntos Comunitários que se realiza regularmente em diferentes comunidades, referindo ainda o Conselho Consultivo de Serviços Comunitários e o Conselho Consultivo do IACM como “importantes plataformas para recolha de opiniões”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s