Edmund Ho diz que não se lembra de autorizar gastos de Ho Chio Meng

SCMP 15JUL14 NS MACAU2  IMG_4751A.JPG

O antigo Chefe do Executivo, Edmundo Ho, afirmou, no depoimento que prestou por escrito, que não se lembra da conversa telefónica em que terá autorizado Ho Chio Meng a viajar à Europa em missão oficial com a mulher e um sobrinho.

Esta foi uma viagem que o ex-Procurador afirma ter realizado em nome da RAEM, tendo o Ministério Público pago as despesas. Ho Chio Meng diz que tomou a decisão depois de ter recebido autorização da parte de Edmund Ho, Chefe do Executivo na altura.

Ontem, nas alegações finais, a advogada de defesa Oriana Pun utilizou a falha de memória de Edmund Ho em prol de Ho Chio Meng. A defesa realçou o facto do antigo líder do Governo não ter negado a hipótese de ter autorizado no Verão de 2005 o pagamento de despesas aos familiares de Ho Chio Meng.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s