Chui Sai On espera mais das relações com Pequim  

 

O Chefe do Executivo esteve anteontem reunido com o governador do município de Pequim, Cai Oi, para discutir o reforço da cooperação. O líder do Governo do território disse que espera resultados mais frutíferos das relações entre a RAEM e a capital chinesa.

1.Chui.jpg

O Chefe do Executivo afirmou no sábado que espera “resultados mais frutíferos” da relação entre a cidade e Pequim, num encontro que manteve com o governador da capital chinesa, realizado na véspera do fórum “Uma Faixa, Uma Rota”.

Chui Sai On e Cai Qi reuniram-se para debater o “desenvolvimento da cooperação entre as duas cidades”, que têm uma parceria desde 2016 nas áreas da economia, do comércio, da juventude, da cultura, da educação e da formação de funcionários públicos.

Na “próxima fase”, as duas cidades desejam cooperar mais na área económica, comercial, de convenções e exposições, além de “fortalecer o intercâmbio e cooperação juvenil”, o intercâmbio de funcionários públicos e a cooperação em investigação tecnológica e ensino superior, de acordo com um comunicado emitido pelo Gabinete de Comunicação Social(GCS). Chui Sai On disse sentir-se “convicto de que, em conjunto, a cooperação Pequim-Macau obterá bons resultados”.

O chefe do Executivo de Macau lidera uma delegação que participa até hoje no fórum “Uma Faixa, Uma Rota”, que arrancou ontem em Pequim e que versa sobre cooperação internacional para promover o desenvolvimento mútuo.

“Uma Faixa, uma Rota” é a versão simplificada de “Faixa Económica da Rota da Seda e da Rota Marítima da Seda para o Século XXI”, o projecto de investimento impulsionado pela China para reforçar a posição como centro comercial e financeiro da Ásia.

Além de Chui Sai On, a delegação de Macau inclui o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong, o secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam e os deputados Leonel Alves, Cheang Chi Keong e Chan Meng Kam, entre outros.

Macau criou, em Março, uma comissão para coordenar a participação na iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”.

O fórum conta com a participação de 28 chefes de Estado, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês. Um dos participantes é a Coreia do Norte, com uma delegação que deverá ser liderada pelo ministro das Relações Económicas Internacionais da Coreia do Norte, Kim Yong-jae, noticiou a agência sul-coreana Yonhap.

A visita da delegação norte-coreana ocorre num período de tensão entre ambos os países, devido ao programa nuclear de Pyongyang, que levou a República Popular da China a suspender as importações de carvão oriundas do país vizinho.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s