China libertou advogados que defendiam Direitos Humanos

0.li-heping-screen-shot

A China libertou dois conhecidos advogados especializados em defender os Direitos Humanos. OS causídicos encontravam-se detidos há 22 meses, após terem alegadamente confessado em tribunal que colaboraram com organizações e imprensa estrangeiras para derrubar o regime do Partido Comunista.

O advogado que representa Xie Yang, um dos detidos, disse ontem que este se encontra em casa a celebrar o aniversário da mãe. Xie confessou na segunda-feira em tribunal ser culpado de incitar a subversão e perturbar processos judiciais, e apelou por uma sentença leve, com base no seu arrependimento. Apoiantes do outro activista libertado, Li Heping, dizem que o advogado natural de Pequim regressou também a casa na terça-feira.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s