Pequim: Tempestade de areia deixou o ar quase irrespirável

 

3.Beijing

Pequim acordou esta quinta-feira com níveis de poluição considerados perigosos pelas autoridades, devido a uma tempestade de areia que obrigou ao cancelamento de vários voos e reduziu a visibilidade a poucas centenas de metros.

A tempestade de areia, fenómeno frequente no norte da República Popular da China durante a primavera, devido à proximidade de desertos como o deserto de Gobi, elevou a concentração das partículas PM10 para 1.000 microgramas por metro cúbico, um dos níveis mais altos do ano.

A densidade das partículas PM 2.5 – as mais finas e susceptíveis de se infiltrarem nos pulmões de quem as absorve – supera os 500 microgramas por metro cúbico, 20 vezes mais do que o máximo recomendado pela Organização Mundial de Saúde.

O Observatório Meteorológico da capital chinesa aconselhou as pessoas a reduzir o tempo passado ao ar livre e previu que os níveis de poluição se mantenham altos até sexta-feira.

Dezenas de milhões de residentes em oito províncias e regiões autónomas chinesas, além de Pequim, foram aconselhados a usar máscaras ou lenços, para proteger os pulmões e os olhos.

As tempestades de areia são sobretudo oriundas da Mongólia Interior, onde a desflorestação e pastagem excessiva levou ao aumento das áreas desertificadas. Os ventos fortes transportam também poluição e partículas industriais.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s