Uma competição para dar espaço às ideias dos mais jovens

A ideia de criar uma competição para premiar os melhores projectos de empreendedorismo universitário  partiu da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong (HKUST) há seis ano. A iniciativa estendeu-se, no ano passado, a outras regiões da China, incluindo Macau. A “One Million Dollar – International Entrepreneurship Competition” decorre desde ontem na Universidade de Macau.

1.universidade1

Joana Figueira

Joanafigueira.pontofinal@gmail.com

 

 

Arrancou ontem e termina hoje, na Universidade de Macau (UM), uma competição regional que reuniu 12 equipas responsáveis pela criação de outros tantos projectos de investimento ligados a áreas tão distintas como a medicina tradicional chinesa, a publicidade, a culinária ou as plataformas digitais. O concurso “One Million Dollar – International Entrepreneurship Competition” (Um Milhão de Dólares – Competição Internacional de Empreendedorismo) realizou-se pela primeira há seis anos por iniciativa da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong (HKUST), organismo que decidiu, desde o ano passado, abranger também Macau, Guangzhou, Shenzhen e Pequim. Hoje realiza-se a última do processo de selecção e, por entre os projectos em apreciação na Universidade de Macau, apenas três seguirão para a grande final, onde serão distinguidos os projectos mais empreendedores submetidos a concurso.

O convite para que a Universidade de Macau acolhesse a competição foi lançado pela Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong no ano passado e foi aceite sem hesitações. Elvo Sou Kuai Long, director do Departamento de Aconselhamento aos Alunos da maior instituição de ensino superior do território, explicou ao PONTO FINAL que a competição regional que se realiza na RAEM pela primeira vez esteve aberta a todos os alunos universitários de Macau ou alunos residentes que estudem no exterior.

“Nós temos critérios muito estritos no que respeita aos jurados. São sobretudo investidores-anjo [investidores privados e individuais especializados em apoiar com o seu próprio dinheiro projectos em fase inicial] e investidores de risco, portanto conseguem perceber rapidamente quais os projectos que poderão ter sucesso ou não”, disse o responsável, acrescentando que foram escolhidos de forma a complementarem-se em termos de área de especialidade.

A iniciativa – que em Macau conta com o patrocínio do Banco da China – serve de plataforma para que as equipas mostrem as suas ideias, propiciando também o aperfeiçoamento dos projectos. Por outro lado, a iniciativa pode abrir portas a mais altos voos: “Pode ser uma oportunidade directa de contactar com investidores. Quem sabe? Talvez um destes projectos possa vir a ser alvo de investimento”, defendeu Sou Kuai Long.

A final da “One Million Dollar – International Entrepreneurship Competition” vai decorrer, tal como no ano passado, nas instalações da Universidade de Ciência e Tecnologia de Hong Kong em Nansha, província de Guangdong, e prevê-se que seja em Agosto próximo. As equipas de Macau, Hong Kong, Guangzhou, Shenzhen e Pequim estão habilitadas a cinco prémios pecuniários cujos valores variam entre as 5 mil e as 50 mil patacas.

 

 “QUERO USAR TÉCNICAS E MÁQUINAS MODERNAS PARA EXPLORAR A MEDICINA CHINESA”

 

Zhang Zhe vestia bata branca e ajeitava as ervas chinesas pulverizadas, espalhadas numa mesa de exposição e devidamente etiquetadas, junto com o produto final que pretende fazer chegar junto daqueles que podem impulsionar a sua ideia. O projecto, explicou o aluno de mestrado em Medicina Tradicional Chinesa ao PONTO FINAL, é “uma combinação entre a medicina tradicional e uma técnica nova de produção de fibras com diâmetros em escala nanométrica, as chamadas nanofibras”, que resulta em curativos para aplicar em feridas.

Segundo Zhang, o produto que criou com a ajuda do professor que o fez interessar-se pela nanotecnologia destaca-se dos restantes que podem ser encontrados facilmente no mercado: “Há muitos tipos de curativos no mercado, mas o produto que fazemos consegue proteger a ferida de bactérias, por exemplo, o que faz com que cicatrize mais rapidamente.”

A par do mestrado, a licenciatura em Farmácia também o motivou a tentar encontrar o cruzamento entre a medicina tradicional chinesa e a medicina ocidental. “Quero usar técnicas e máquinas modernas para explorar a medicina tradicional chinesa”, adianta ainda Zhang Zhe.

Da equipa “Golden Wound Dressing Co. Ltd.” fazem parte outros dois membros para além de Zhang, nomeadamente uma aluna do curso de Economia e um aluno do curso de Direito: “Achamos importante ter pessoas de várias disciplinas de estudo envolvidas na criação desta empresa”, destacou o mentor do projecto.

 

“UMA FAIXA, UMA ROTA” também marcou presença

 

Do lado oposto da sala estava a equipa “UM Startup”. Ainda atarefados com os últimos detalhes da apresentação do seu produto, os alunos da Universidade de Macau afirmaram ao PONTO FINAL que querem entrar no “mercado gigante” da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”.

Wong Chi Man, aluno da licenciatura de Gestão de Empresas da UM, explicou que  o projecto que estão a desenvolver é um sistema de base de dados multi-dimensional: “O nosso sistema demarca áreas territoriais que constituem alvos de mercado, fornecendo informações básicas como dados populacionais ou sistemas de transportes. O que oferecemos de novo no nosso sistema é abrangermos também as áreas circundantes. Usamos bases de dados do Governo e de entidades.”

O modelo original tem o cunho da Universidade de Michigan, mas já foi reconhecido e reproduzido em mais de 50 universidades, resultando na cooperação entre vários estabelecimentos de ensino superior. Com a participação na competição, a equipa da Universidade de Macau espera conseguir financiamento por parte de investidores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s