Sindicato bancário empresta 25 mil milhões à SJM

Foram necessários mais de dois anos de negociações, mas a Sociedade de Jogos de Macau conseguiu convencer a banca de que a indústria do jogo ainda tem cartas para dar em Macau. A operadora assinou esta quinta-feira um acordo com 19 instituições bancárias tendo em vista a obtenção de um financiamento no valor de 25 mil milhões de dólares de Hong Kong.

photo 2 (4)

Um sindicato bancário liderado pelo Industrial and Commercial Bank of China e a Sociedade de Jogos de Macau (SJM) assinaram esta quinta-feira um acordo tendo em vista a concessão de um empréstimo no valor de 25 mil milhões de dólares de Hong Kong. O montante, que se destina a financiar a construção do Grand Lisboa Palace, foi negociado durante dois longos anos de negociações.

São 19 as instituições bancárias que fazem parte do sindicato que tem como principal facilitador a filial de Macau do ICBC. O diretor-geral da representação do Industrial and Commercial Ban of China, Wu Long, acredita que o empréstimo concedido irá ”aumentar a confiança na economia de Macau após a contração económica registrada nos últimos anos.” Em declarações aos jornalistas, Ambrose So, director-executivo da Sociedade de Jogos de Macau, negou que tenha sido a quebra das receitas de jogo a impedir que o memorando tenha sido assinado mais cedo. So justificou o atraso com as especificidades técnicas do documento final e com o tempo gasto à espera do aval do Governo para a assinatura do acordo.

O empréstimo de 25 mil milhões de dólares de Hong Kong vai financiar a empreitada de construção do Grand Lisboa Palace, iniciada em Fevereiro de 2014 e que deverá estar concluída no final deste ano. Seguindo as directivas do governo de Macau, o empreendimento – cuja abertura está prevista para o primeiro semestre de 2018 – irá oferecer estruturas e espaços ligados a outros sectores que não o jogo, tais como espaços ligados à restauração e realização de eventos, lojas de vendas a retalho e alojamento. A construção dos três hotéis – um Palazzo Versace, outro com a assinatura de Karl Lagerfeld e outro ainda operado pela própria concessionária – atingiu já a sua altura máxima, anunciou Ambrose So,.

No seu discurso, o director executivo da Sociedade de Jogos de Macau agradeceu a confiança depositada pela indústria bancária na SJM, uma confiança que se traduziu no acordo firmado ontem. ”Juntos, estamos a trazer mais prosperidade a Macau e às suas pessoas, enquanto ajudamos Macau a cumprir o seu destino de se tornar um centro mundial do turismo e lazer.

A construção do Grand Lisboa Palace foi recentemente ensombrada pelo incêndio de que a estrutura foi alvo no passado dia 17 e que obrigou à retirada de mais de 500 trabalhadores. Os danos registados não irão, contudo, atrasar as obras, uma vez que o incêndio não ocorreu durante uma fase crítica dos trabalhos de construção, explicou o dirigente. No entanto, Ambrose So garantiu que a empresa está “a tentar acompanhar o mais depressa possível [a questão] para não haver atrasos.” Os danos causados pelo incêndio não deverão inflacionar o orçamento total do projecto, situado em 36 mil milhões de dólares de Hong Kong, valor superior ao orçamento inicial estimado em 25 mil milhões que compreendia apenas a fase de construção.

O valor total do empréstimo irá ser entregue à operadora de jogo em duas tranches. A primeira, no valor total de 10 mil milhões de dólares de Hong Kong, será entregue até 2020 e dois anos depois a SJM receberá o restante valor de 15 mil milhões. CVN

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s