Transferência de dados para a Caixa Geral de Depósitos cumpre directivas europeias

3.Banco Nacional Ultramarino.jpg

O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais de Portugal, Fernando Rocha Andrade, esteve ontem reunido ainda com os responsáveis pelo Banco Nacional Ultramarino (BNU). Durante o encontro, foi discutida a questão da transferência de dados pessoais dos clientes do BNU para o Grupo Caixa Geral de Depósitos.

Questionado “relativamente ao facto de os clientes de um banco terem que ter dado autorização para acesso aos seus dados à casa-mãe” do BNU, Rocha Andrade garantiu que uma tal prática não constitui um caso de “macro-acesso à informação por parte do Estado Português”.

Por outro lado, afirmou o governante, tratou-se “simplesmente do cumprimento de directivas europeias que exigem que os bancos sediados na União Europeia possam controlar os procedimentos de transparência realizados pelas suas sucursais ou filiais”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s