Embaixador de Timor-Leste fala de desafios para manter língua portuguesa

027 IPM GRP 2017 photo 1.JPG

O Embaixador de Timor-Leste em Pequim, Bendito dos Santos Freitas, visitou o Instituto Politécnico de Macau na passada sexta-feira e sublinhou que o país se está a deparar com vários desafios na manutenção da cultura e da língua portuguesa.

Neste sentido, Bendito Freitas afirmou a importância do Instituto Politécnico no ensino da língua e cultura portuguesa na RAEM por entender que ajuda a consolidar a imagem de Macau como ponto de ligação com os países da lusofonia.

O diplomata recordou igualmente a importância da cooperação entre o IPM e as escolas técnicas de Timor-Leste, que disse serem essenciais para a formação dos quadros qualificados no país.

Por sua vez, o presidente do IPM, Lei Heong Iok, referiu que o ensino da Língua Portuguesa em Macau e no Interior da China desperta cada vez mais interesse mas que esta não é uma tendência exclusiva destas regiões.

Segundo o presidente da instituição, há cada vez mais países e regiões asiáticas que pedem ajuda ao IPM para desenvolver as ferramentas para a exploração da língua e cultura de Camões.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s