Casinos: Oito meses a todo o gás

Em Março, as receitas das operadoras de jogo subiram 18,1 por cento face ao mesmo mês do ano passado. No oitavo mês consecutivo de expansão, as receitas dos casinos saldaram-se pelos 21 232 milhões de patacas.

1.Roleta

É o oitavo mês consecutivo de crescimento após a longa tormenta de mais de dois anos que afectou os casinos do território. As concessionárias e subconcessionárias de jogo encerraram o mês de Março com receitas de 21.232 milhões de patacas, um aumento de 18,1 por cento face ao período homólogo de 2016, indicam dados oficiais divulgados no sábado.

De acordo com os números avançado pela Direção de Inspeção e Coordenação de Jogos (DICJ), os casinos registaram, nos três primeiros meses do ano, receitas de 63.479 milhões de patacas, mais 13 por cento em relação ao primeiro trimestre de 2016.

Março marcou o oitavo mês consecutivo de subida das receitas geradas pelo principal pilar da economia da Região Administrativa Especial de Macau. As receitas do jogo iniciaram em Junho de 2014 uma curva descendente que se prolongou ao longo de 26 meses. A longa travessia do deserto para os casinos de Macau só terminou em Agosto do ano passado.

Apesar da recuperação encetada, as receitas dos casinos caíram pelo terceiro ano consecutivo em 2016, registando uma queda de 3,3 por cento que se seguiu à diminuição de 34,3 por cento em 2015 e de 2,6 por cento em 2014.

Arrastada pelo desempenho do sector do jogo, a economia de Macau contraiu-se em 2016 pelo terceiro ano consecutivo e o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 2,1 por cento em termos reais, com a recuperação da indústria a ser insuficiente para permitir uma retoma.

Este resultado representou uma significativa melhoria depois da quebra de 21,5 por cento em 2015.

Em 2014, o Produto Interno Bruto de Macau caiu 1,2 por cento, em termos reais, de acordo com os dados revistos, naquela que foi a primeira queda desde a transferência do exercício de soberania do território Portugal para a República Popular da China em 1999, impulsionada pelo início da curva descendente das receitas dos casinos.

A contração da economia foi menor do que a antecipada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) que esperava que o Produto Interno Bruto de Macau sofresse um recuo de 4,7 por cento em 2016, antes de regressar a um crescimento positivo este ano. No último relatório, publicado em Fevereiro, o Fundo Monetário Internacioal reviu em alta a previsão de crescimento da economia de Macau, avançada em Outubro, de 0,2 por cento para 2,8 por cento.

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s